Busca avançada
Ano de início
Entree

Dependência dos espectros de AGNs com a alimentação do buraco negro?

Processo: 21/06935-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Extragaláctica
Pesquisador responsável:Rodrigo Nemmen da Silva
Beneficiário:Matheus Castello Branco Lima de Araujo
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/01461-2 - O universo extremo: buracos negros e o telescópio Fermi, AP.JP
Assunto(s):Física de buracos negros   Galáxias ativas   Buracos negros   Quasares   Espectros

Resumo

Uma questão em aberto na astronomia de buracos negros (BH) é como os espectros de núcleos de galáxias ativas (AGN) respondem à variação da taxa de acreção ao buraco negro supermassivo (SMBH) conforme as galáxias evoluem ao longo do tempo cósmico. Uma melhor compreensão deste tópico lançará luz sobre a universalidade da física de acreção dos BHs em toda a escala de massa. O objetivo deste projeto é estudar a dependência das distribuições de energia espectral (SED) de AGN em múltiplos comprimentos de onda observadas na taxa de acreção de massa ao buraco negro. Como as características gerais medidas dos SEDs mudam com a taxa de acreção? Qual é o impacto da massa do buraco negro? Existem semelhanças entre a evolução dos AGN SEDs e os buracos negros estelares? Este projeto empírico abordará essas questões e permitirá que o aluno aprenda valiosas habilidades de análise de dados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)