Busca avançada
Ano de início
Entree

Suplementação com propionato de cromo e seus efeitos no metabolismo energético de matrizes ovinas

Processo: 21/04277-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Pesquisador responsável:Sarita Bonagurio Gallo
Beneficiário:Thaís Bianconi Coimbra
Instituição Sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Suplementação alimentar   Metabolismo energético   Balanço de energia   Cromo   Ovinos   Delineamento experimental   Escore de condição corporal (ECC)   Modelos matemáticos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:cromo | matriz | metabolismo | Nutrição de ovinos

Resumo

O balanço energético negativo ao final da gestação e início da lactação é causado pela alta demanda energética nestas fases, provocando mobilização de reservas lipídicas, estresse metabólico e, em casos críticos, doenças metabólicas. O cromo vem sendo estudado como suplemento potencializador do uso da glicose, dentre outras funções. Este mecanismo ocorre através do aumento da sensibilidade celular à insulina, aumentando a captação da glicose circulante. A dose recomendada de cromo não está estabelecida. O objetivo do projeto é avaliar doses de cromo na dieta de ovelhas durante a final da gestação e lactação e seus efeitos no metabolismo energético das matrizes. O experimento ocorrerá no Setor de Ovinocultura da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da Universidade de São Paulo. Serão utilizadas 100 ovelhas divididas aleatoriamente em quatro tratamentos. Os tratamentos correspondem a diferentes doses de cromo que são 0, 1, 1,5 e 2 mg de propionato de cromo por kg MS da dieta total. Na ovelha, serão avaliados parâmetros sanguíneos relacionados ao metabolismo energético, como NEFA, BHB, insulina, glicose. Será utilizado ultrassom com a finalidade de auxiliar a avaliação do escore de condição corporal das ovelhas. A ocorrência de doenças metabólicas nas ovelhas durante a gestação e início de lactação também será analisada. O delineamento será em blocos completos casualizados. O programa estatístico será o SAS, e o modelo matemático irá levar em consideração efeitos fixos e aleatórios. O tipo de parto e sexo da progênie será levado em consideração na análise estatística. A probabilidade estatística será de 5%.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)