Busca avançada
Ano de início
Entree

Predição dos impactos da mudança de uso da terra na dinâmica da matéria orgânica do solo na região de MATOPIBA

Processo: 21/07676-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 14 de novembro de 2021
Vigência (Término): 13 de novembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Carlos Eduardo Pellegrino Cerri
Beneficiário:Rafael Silva Santos
Supervisor no Exterior: Maria Francesca Cotrufo
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa: Colorado State University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:19/17576-9 - Dinâmica da matéria orgânica em função da mudança de uso do solo: efeitos sobre o carbono orgânico dissolvido, BP.DR
Assunto(s):MATOPIBA   Sistemas microeletromecânicos   Matéria orgânica do solo

Resumo

Na região chamada MATOPIBA, localizada no nordeste do Brasil, grandes áreas de vegetação nativa (NV; bioma Cerrado) tem sido convertidas em áreas agrícolas sob plantio direto (NT; por exemplo, produção de soja e algodão) nos últimos anos. No entanto, pouco se sabe sobre os impactos de longo prazo dessa mudança no uso da terra (MUT) na dinâmica da matéria orgânica do solo (MOS) e nas emissões de gases de efeito estufa (ex. CO2). Este projeto tem como objetivo i) avaliar os impactos que o MUT de NV para NT impõe a dinâmica MOS na região do MATOPIBA; e ii) utilizar o conjunto de dados obtido para simular a dinâmica da MOS baseado em práticas de manejo (ex. níveis de fertilização e gestão de plantas de cobertura) capazes de reduzir a emissão de gases do efeito estufa oriundos da agricultura. O trabalho de campo foi realizado nos municípios de Tasso Fragoso - MA, Luís Eduardo Magalhães - BA e Correntina - BA. Amostras de solo foram coletadas em parcelas emparelhadas (NV e NT) em cada local até a profundidade de 1 m para determinação de C e N da MOS e suas frações (ex. matéria orgânica particulada, matéria orgânica associada a minerais, e matéria orgânica extraível com água). Adicionalmente, análises microbianas (ex. biomassa microbiana, ²-glucosidase e fosfatase ácida) foram avaliadas nas camadas superiores do solo (0-20 cm). Com base neste conjunto de dados, a modelagem da MOS será realizada usando o modelo MEMS 2.0. Todas as etapas de modelagem (interpretação do conjunto de dados, treinamento no modelo, parametrização, simulação e validação) serão realizadas na Colorado State University. Os dados serão integrados por meio de estatística multivariada visando obter uma interpretação descritiva; e o coeficiente de correlação, coeficiente de massa residual e coeficiente de determinação serão usados para avaliar a sensibilidade do modelo. Espera-se quantificar e prever com precisão os impactos induzidos pela MUT na dinâmica da MOS na região de MATOPIBA. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)