Busca avançada
Ano de início
Entree

Mudança social a partir de baixo: fortalecendo os cursos de ação de jovens do PODHE em direção a uma sociedade mais democrática e equânime

Processo: 21/07390-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Sergio França Adorno de Abreu
Beneficiário:Veridiana Pereira Parahyba Campos
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07923-7 - Núcleo de Estudos da Violência - NEV/USP, AP.CEPID
Assunto(s):Igualdade de gênero   Protagonismo social   Sociologia da violência e da criminalidade

Resumo

O projeto apresentado trata de uma pesquisa-ação voltada para o levantamento e registro dos cursos de ação e dos vetores de autoeficácia de jovens atendidos pelo PODHE (Projeto Observatório dos Direitos Humanos nas Escolas). Embasado pela perspectiva etnossociológica (Bertaux apud Costa & Santos, 2020), o levantamento será feito por meio da análise de seus relatos de vida (idem) e consolidado em documentação produzida pela pesquisadora, bem como, auto produzida pelos/as interlocutores/as, sendo a temática dos relatos definida previamente, a partir do perfil de cada grupo. Tal material, associado ao que for gerado nos grupos de reflexão (Sardenberg, 2018) permitirá elencar as recorrências nos cursos de ação e as variáveis positivadoras e negativadoras da autoeficácia (Bandura, 1997). Dentro do grande eixo da Educação em Direitos Humanos (EDH), o combate à desigualdade de gênero em todos os seus aspectos (papéis sociais hegemônicos, corporalidade, experiências afetivas e sexualidade) será especialmente trabalhado. Derivadas da análise conjunta dos relatos de vida e dos grupos de reflexão, recomendações e ações serão propostas para o enrobustecimento da agência individual, objetivando a consolidação da autoestima, protagonismo social e o desenvolvimento de sensibilidade aos pressupostos defendidos pelos direitos humanos, não só na dimensão de gênero, mas em todo seu cabedal. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)