Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo e desenvolvimento de processo de adsorção de cobalto por cinzas de madeira visando à suplementação de rações animais

Processo: 21/04142-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Fernanda Perpétua Casciatori
Beneficiário:Ana Laura Manini Minto
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Engenharia de processos   Segurança alimentar   Suplementação alimentar   Fluxo dos fluidos   Adsorção   Processos industriais   Planejamento de experimentos

Resumo

Para atender à crescente demanda de alimentos associada ao aumento populacional de forma sustentável, um incremento substancial da produção de proteína animal no mundo, por meio da formulação de rações nutricionalmente enriquecidas, será necessário. Por outro lado, a indústria de transformação libera altos níveis de poluentes ao meio ambiente, com destaque aos efluentes líquidos das indústrias de tintas, ricos em cobalto, que por sua vez é mineral essencial na alimentação de ruminantes. Neste contexto, no presente projeto de Iniciação Científica, será estudado o processo de enriquecimento de um resíduo sólido urbano, cinzas de fornos a lenha, com cobalto oriundo de efluentes industriais, visando à suplementação de rações animais. Para tanto, será empregada a técnica de adsorção, operação unitária de baixo custo e alta eficiência que permite concentrar moléculas em solução na superfície de sólidos. Serão conduzidos ensaios experimentais, inicialmente em escala de frascos, para avaliar a capacidade de adsorção de cobalto pelas cinzas. Em seguida, empregando planejamento experimental, serão avaliados os efeitos de variáveis no processo de adsorção em frascos agitados (carga de sólidos, pH, concentração inicial da solução e temperatura). Nessa condição ótima, serão conduzidos ainda experimentos em escala de frascos para determinar a cinética e as isotermas da adsorção em estudo, com ajuste de modelos. Na etapa final do projeto, será avaliada a adsorção do cobalto pelas cinzas em leito empacotado, em escala de bancada. O leito de cinzas será percolado pela solução contendo cobalto em sistema fechado, variando-se a vazão de escoamento do fluido e o tempo de circulação. Com base nos parâmetros obtidos em escala de frascos, se buscará definir o tempo de residência ideal para que o processo possa ser conduzido em modo contínuo. Espera-se, ao final do projeto, ter desenvolvido um processo ambientalmente amigável e com efetiva contribuição para a segurança alimentar. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)