Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos metabólicos da gordura interesterificada e seus metabólitos na homeostasia glicêmica e lipídica

Processo: 20/16040-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 20 de outubro de 2021
Vigência (Término): 19 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Marciane Milanski Ferreira
Beneficiário:Josiane Érica Miyamoto
Supervisor no Exterior: Christophe Magnan
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Local de pesquisa: Université Paris Diderot - Paris 7, França  
Vinculado à bolsa:16/24768-3 - Avaliação de parâmetros metabólicos em resposta à ingestão de gordura interesterificada em animais experimentais: mecanismos moleculares envolvidos, BP.DR
Assunto(s):Hipotálamo   Resistência à insulina

Resumo

Os efeitos dos diferentes tipos óleos e gorduras no metabolismo têm sido amplamente explorados na literatura para entender a sua relação com o risco para o desenvolvimento de obesidade e doenças associadas. Os ácidos graxos em excesso são redirecionados para a síntese de ceramidas, que são espécies de lipídios tóxicos e reativos que exacerbam as respostas de estresse celular, podendo resultar em um estado de lipotoxicidade, que prejudica a homeostasia celular e função do tecidual. Embora as evidências científicas mostrem associação entre a ingestão de gordura e o desenvolvimento de resistência à insulina (RI), os mecanismos moleculares pelos quais os diferentes tipos de lipídios (triacilgliceróis e ácidos graxos) desencadeiam a RI, ainda são pouco conhecidos. Cerca de 95% das gorduras dietéticas são ingeridas na forma de triacilgliceróis (TAGs), entretanto, pouco se sabe sobre a importância biológica e nutricional das composições estereoespecíficas dos TAGs. A estrutura do TAG consiste em uma molécula glicerol esterificado a três ácidos graxos (AGs), em padrões distintos de posições estereoespecíficas no glicerol (sn-1, sn-2 e sn-3). O tipo de AG, o comprimento da cadeia dos AGs, o grau de saturação e sua configuração (cis ou trans), e sua estereoespecificidade no TAG, determinam o comportamento físico-químico e as propriedades bioquímicas das gorduras dietéticas, influenciando na sua absorção, metabolismo e absorção pelos tecidos. Os TAGs dietéticos ocorrem naturalmente ou também podem ser fabricados a partir de óleos vegetais e/ou gorduras animais pela modificação da cadeia dos AGs por processo de hidrogenação parcial, gerando gorduras trans, ou ainda por alteração das posições dos AGs nos TAGs, por interesterificação. As gorduras interesterificadas têm sido utilizadas como principal substituto para a gordura trans. Este processo fornece às gorduras as propriedades funcionais exigidas pelas indústrias alimentícias, no entanto, são escassos os estudos que avaliaram o papel das gorduras interesterificadas no metabolismo. Nesse contexto, o objetivo do estudo é avaliar os efeitos da gordura interesterificada e entender os mecanismos moleculares induzidos por essas gorduras modificadas na homeostasia da glicose e no metabolismo de lipídios. Para tanto, pretendemos ampliar nosso conhecimento e aprender novas abordagens que contribuam para o desenvolvimento e aprimoramento de técnicas. Para a avaliação da homeostasia de glicose será incluído o protocolo de CLAMP euglicêmico-hiperinsulinêmico, determinação e caracterização de lipídios por análise de lipidômica e sinalização lipídica e seus efeitos no sistema nervoso central pela técnica de infusão intra carótida de lipídios.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)