Busca avançada
Ano de início
Entree

Mobilidade cotidiana e direito à cidade em São Paulo: usos e apropriações da juventude

Processo: 20/05421-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Patrícia Maria de Jesus
Beneficiário:Nelson de Jesus Ferreira
Instituição-sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/07701-8 - Fragmentação socioespacial e urbanização brasileira: escalas, vetores, ritmos e formas FragUrb, AP.TEM
Assunto(s):Geografia urbana   Segregação urbana   Espaço urbano   Mobilidade   Bibliografias   Entrevista   Jovens   São Paulo (SP)

Resumo

Este projeto de Iniciação Científica a ser realizado na Universidade Federal do ABC (UFABC), vincula-se ao Projeto Temático de pesquisa intitulado "Fragmentação socioespacial e urbanização brasileira: escalas, vetores, ritmos, formas e conteúdo" (FRAGURB), do Grupo de Pesquisa Produção do Espaço e Redefinições Regionais - GAsPERR, sediado no Departamento de Geografia da Universidade Estadual Paulista (UNESP), em Presidente Prudente. Nesta proposta, caberá entender as dinâmicas da mobilidade cotidiana da juventude na constituição da apropriação e uso do espaço urbano em São Paulo, que poderá nos fornece apreensões empíricas e subjetivas da segregação e desigualdades socioespaciais na cidade a partir das vivências e práticas juvenis, no contexto em que se insere o direito à cidade frente à produção do espaço urbano contemporâneo. Neste sentido, a análise metodológica da pesquisa visa interpelar a vasta bibliografia nos campos da juventude, mobilidade, desigualdade socioespacial e práticas cotidianas com entrevistas semiestruturadas e observações de campo que condicionarão, a partir da análise, interpretar os fenômenos apresentados ao longo da discussão deste projeto mediante a subjetividade particular e coletiva dos entrevistados, nos espaços do desenrolar de suas vidas cotidianas - a mobilidade, a educação, o lazer, o consumo e o trabalho - onde se pretende evidenciar as diferenciações e desigualdades em relação ao uso do espaço urbano. Em consonância ao Projeto Temático com o qual este dialoga, pretendemos compreender em que medida a desigualdade socioespacial se manifesta atualmente em São Paulo e como ela negligencia o acesso e direito à cidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)