Busca avançada
Ano de início
Entree

Inibidores do checkpoint imunológico: desfecho clínico e biomarcadores para predição de resposta em pacientes com Melanoma

Processo: 19/03570-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2021
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Lidia Maria Rebolho Batista Arantes
Beneficiário:Bruna Pereira Sorroche
Instituição Sede: Hospital do Câncer de Barretos. Fundação Pio XII (FP). Barretos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):21/10922-9 - Analisando o perfil epigenético das células T CD8+ infiltrantes de tumor para superar o meio imunossupressor dos nichos hipóxicos tumorais, BE.EP.DR
Assunto(s):Oncologia   Neoplasias cutâneas   Inibidores de checkpoint imunológico   Melanoma   Imunoterapia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:imunoterapia | Inibidores de checkpoint | melanoma | Oncologia / tumores cutâneos

Resumo

O Melanoma representa cerca de 6% dos tumores de pele e, apesar da baixa incidência relativa, apresenta substancial risco de metastatização e óbito. Tumores iniciais são de bom prognóstico e tratados de forma simples, em geral com cirurgias de pequeno porte. Já o tratamento da doença avançada requer cirurgias complexas, radioterapia, e diversas abordagens terapêuticas sistêmicas. Crescentes avanços no tratamento de Melanomas irressecáveis e/ou metastáticos foram alcançados com a aprovação de anticorpos monoclonais inibidores de checkpoints imunológicos, que estimulam a atividade imunológica celular antitumoral adquirida. Entretanto, esta terapia é de alto custo, não é isenta de efeitos adversos e é pouco efetiva em uma grande parcela dos pacientes. Objetivo: o objetivo deste estudo é investigar marcadores moleculares capazes de prever a resposta terapêutica ou sua falha, no uso de inibidores de checkpoint imunológico em portadores de Melanoma avançado. Metodologia: serão selecionados 48 pacientes com Melanoma avançado que realizaram tratamento imunoterápico com anti-PD-1 ou anti-CTLA-4 no Hospital de Câncer de Barretos. O perfil de expressão de 770 genes relevantes para a resposta imune ao Câncer será analisado em amostras de tumor, utilizando-se o painel PanCancer IO 360 Gene Expression, na plataforma nCounter NanoString. O perfil de citocinas presentes no plasma dos pacientes será avaliado utilizando-se o kit Human Cytokine Chemokine 34-Plex ProcartaPlex Panel 1A, na plataforma Luminex. Os resultados moleculares encontrados serão então associados a dados demográficos, clínicos, histopatológicos e relacionados a resposta terapêutica e sobrevida dos pacientes. Essencial como plataforma para este e estudos posteriores será o aprimoramento e implementação do modelo in vitro de exaustão de linfócitos T, que será realizado por estimulações sequenciais com CD3/CD28 dynabeads. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SORROCHE, BRUNA PEREIRA; TEIXEIRA, RENAN DE JESUS; PEREIRA, CAIO AUGUSTO DANTAS; SANTANA, IARA VIANA VIDIGAL; VUJANOVIC, LAZAR; VAZQUEZ, VINICIUS DE LIMA; ARANTES, LIDIA MARIA REBOLHO BATISTA. PD-L1 Tumor Expression as a Predictive Biomarker of Immune Checkpoint Inhibitors' Response and Survival in Advanced Melanoma Patients in Brazil. DIAGNOSTICS, v. 13, n. 6, p. 11-pg., . (19/03570-9, 21/04100-6, 19/07111-9, 21/10922-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.