Busca avançada
Ano de início
Entree

Controle de sistemas veiculares heterogêneos autônomos e cooperativos

Processo: 21/08103-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 30 de junho de 2023
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos
Convênio/Acordo: CNPq - INCTs
Pesquisador responsável:Marco Henrique Terra
Beneficiário:Lucas Barbosa Marcos
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50851-0 - INCT 2014: Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Sistemas Autônomos Cooperativos Aplicados em Segurança e Meio Ambiente, AP.TEM
Assunto(s):Sistemas dinâmicos   Sistemas de controle   Veículos autônomos   Robôs móveis

Resumo

As técnicas de controle cooperativo de veículos são de crescente importância em diversas áreas acadêmicas e comerciais, como nos setores de smart grids, manufatura, indústria automotiva, transporte, entre outras. Contudo, há ainda a necessidade de aperfeiçoar o uso destas técnicas, especialmente em relação à coordenação de robôs móveis heterogêneos aéreos e terrestres, o que inclusive resultou na criação do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Sistemas Autônomos Cooperativos - InSac. Neste contexto, a meta desta proposta é a implementação de um sistema de controle autônomo, coordenado e em rede para veículos terrestres e aéreos. Este sistema deverá coordenar as posições e velocidades de, ao menos, 1 (um) veículo autônomo terrestre e 1 (um) veículo aéreo não-tripulado. O desenvolvimento deste sistema de controle será importante para avançar as pesquisas sobre sistemas autônomos cooperativos, ajudando a realizar os objetivos do InSac. Também contribuirá para o desenvolvimento de projetos de iniciação científica, mestrado e doutorado, funcionando como uma plataforma auxiliar para testes de novas técnicas. A solicitação de bolsa de treinamento técnico procura viabilizar o treinamento e o aperfeiçoamento do aluno de nível superior para a execução deste projeto, que está associado ao auxílio à pesquisa FAPESP 2014/50851-0, sob supervisão do Prof. Dr. Marco Henrique Terra. A duração do treinamento técnico será de 24 meses. O candidato solicita bolsa nível TT-V, por ser especialista da área de Tecnologia da Informação com título de doutorado. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)