Busca avançada
Ano de início
Entree

Tratamento eletroquímico para remoção de carbamatos de solo contaminado

Processo: 21/06908-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2022
Vigência (Término): 09 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Artur de Jesus Motheo
Beneficiário:Leticia Mirella da Silva
Supervisor: Manuel Andrés Rodrigo Rodrigo
Instituição Sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidad de Castilla-La Mancha, Ciudad Real (UCLM), Espanha  
Vinculado à bolsa:18/26475-9 - Avaliação e aplicação de eletrodos de misturas de óxidos e de diamante dopado com boro para a degradação de compostos orgânicos com atividade de interferência endócrina, BP.DD
Assunto(s):Poluição do solo   Remediação ambiental   Tratamento de águas residuárias   Tensoativos   Carbamatos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Boron-doped diamond | Carbamates | contaminated soil | soil washing | surfactants | Processos Avançados de Tratamento de Efluentes

Resumo

A poluição do solo é um desafio que tem envolvido pesquisadores de diferentes áreas da ciência na busca de tecnologias para sua recuperação. Assim, a lavagem ex situ do solo surge como uma solução simples e eficiente para a remediação de solos contaminados. Porém, esse tratamento gera efluentes tóxicos que não podem ser descartados sem o devido tratamento. Nesse contexto, o presente projeto de estágio de pesquisa no exterior (BEPE - "Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior") propõe um estudo sobre a extração de carbamatos do solo pela técnica de lavagem de solo com tensoativos. Adicionalmente, o projeto contempla a aplicação de um processo eletroquímico, em uma etapa posterior, utilizando ânodo BDD, associado ou não ao processo Fenton, para o tratamento do efluente gerado e, conseqüentemente, a degradação dos carbamatos. Neste estudo, alguns fatores serão avaliados, como tipo e concentração do surfactante, relação sólido-líquido, eficiência de lavagem do solo e eficiência de degradação. Além disso, serão realizadas determinações analíticas de cromatografia líquida de alta performance com detector UV / Vis, cromatografia iônica e determinações de carbono orgânico total, visando avaliar a eficiência de cada processo, o custo energético e indicar qual surfactante é mais ecologicamente correto. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)