Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da SUMOlação das proteínas do Plasmodium falciparum, durante o estresse oxidativo, em eritrócitos com atividade glicose-6-fosfato desidrogenase parcialmente deficiente

Processo: 21/00124-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2021
Vigência (Término): 31 de maio de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Carsten Wrenger
Beneficiário:Daffiny Sumam de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/26722-8 - Drug discovery contra doenças infecciosas humanos, AP.TEM
Assunto(s):Estresse oxidativo   Sumô   Biologia molecular

Resumo

A malária é uma doença potencialmente fatal causada por protozoários do gênero Plasmodium, pelas espécies falciparum e vivax, sua transmissão ao homem ocorre por meio da picada de mosquitos fêmeas infectadas, do gênero Anopheles. No entanto, esta pode ser prevenida e tratada. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2018, quase metade da população mundial encontrava-se suscetível em desenvolver a doença. A maioria das mortes está concentrada na região da África Subsaariana, - as regiões do Sudeste Asiático, Mediterrâneo Oriental, Pacífico Ocidental e Américas relatam um número significativo de casos e mortes (OMS, 2018). Estima-se que 228 milhões de casos de malária foram registrados em 2018, com cerca de 405 mil mortes, sendo as crianças menores de cinco anos o grupo mais vulnerável. Em 2018, as crianças eram responsáveis por cerca de dois terços de todas as mortes por malária em todo o mundo (OMS, 2019). Fatores como a elevada taxa de mutação do parasita e sua rápida adaptação às mudanças ambientais e resistência às drogas, levaram a uma maior distribuição geográfica. A resistência emergente aos medicamentos antimaláricos induz a contínua descoberta e desenvolvimento de novos medicamentos para tratar esta doença. Neste contexto, tornou-se aparente que a SUMOlação de proteínas pode ter um papel protetor na mediação do estresse oxidativo. Neste projeto propomos caracterizar funcionalmente o PfSUMO e também estabelecer seu papel em condições de estresse oxidativo, mediado pela proliferação do parasita em eritrócitos deficientes em glicose-6-fosfato desidrogenase (G6PD), em Plasmodium falciparum.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)