Busca avançada
Ano de início
Entree

Crescimento radicular e produtividade de cultivares de amendoim afetado pelo manejo do fósforo

Processo: 20/14810-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2021
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Ciro Antonio Rosolem
Beneficiário:Carlos Felipe dos Santos Cordeiro
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):23/06072-5 - Dinâmica e disponibilidade de P no solo em função de cultivares de amendoim P eficientes e P não eficientes, BE.EP.DR
Assunto(s):Fertilidade do solo   Nutrição vegetal   Solos arenosos   Rizosfera   Amendoim   Fósforo   Microbiota
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Amendoim | fósforo | Microbiota | rizosfera | solos arenosos | Fertilidade do solo. Nutrição de plantas

Resumo

O amendoim é cultivado principalmente em solos arenosos com baixa disponibilidade de fósforo, embora possa haver fósforo não lábil em função de adubações anteriores. Há relatos de que o amendoim é eficiente na absorção de P de formas menos lábeis. Por outro lado, atualmente as variedades são mais produtivas que as do passado, de forma que a adubação tem sido feita empiricamente, havendo necessidade se estabelecer doses mais adequadas de P, com base no melhor entendimento das estratégias da planta para aquisição de P. Os objetivos serão avaliar o crescimento radicular, microbiota e as formas de P solo, atividade fisiológica e produtividade de cultivares modernas de amendoim em função da disponibilidade de P. Será realizado um estudo em casa de vegetação com sete cultivares cultivados em solos com baixa e alta disponibilidade de P. Serão avaliados os pelos radiculares, crescimento radicular, produção de matéria seca, absorção de P, microbiota e fracionamento de P na rizosfera. Um segundo estudo será realizado a campo por duas safras, com duas cultivares selecionadas no estudo 1 e doses de P2O5. Serão conduzidos simultaneamente dois experimentos, um sobre pastagem degradada com baixo teor de P, e outro após amendoim, com teor adequado. Será feito o fracionamento de P, acúmulo de matéria seca e P na planta, diagnose foliar e crescimento radicular. Serão avaliados os componentes de produção, produtividade, extração e exportação de nutrientes. Após a colheita, será coletado solo nas profundidades de 0-10, 10-20, 20-40, 40-60 e 60-80 cm para fracionamento de P. No terceiro estudo será avaliada a atividade fisiológica do amendoim em função do manejo do fósforo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)