Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de novos bio-herbicidas a partir de amidas naturais

Processo: 21/11714-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Lydia Fumiko Yamaguchi
Beneficiário:Lydia Fumiko Yamaguchi
Empresa:Green Compounds Ativos Naturais Ltda
CNAE: Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Vinculado ao auxílio:20/13675-0 - Desenvolvimento de novos bio-herbicidas a partir de amidas naturais, AP.PIPE
Assunto(s):Química de produtos naturais   Desenvolvimento de fármacos   Herbicidas   Amidas   Piper   Biodiversidade   Fitotoxicidade   Alelopatia

Resumo

O Brasil é um dos principais países produtores de alimento, as fronteiras agrícolas sofrem uma expansão de cerca de 5% ao ano, avançando em áreas críticas de proteção ambiental, o que desperta a atenção mundial para as taxas de desmatamento do País e suscita questionamentos aos produtos brasileiros em relação ao selo verde de produção sustentável. Além disso, o País detém a posição de País que mais utiliza agrotóxicos no mundo, embora essa posição não valha para a utilização por unidade de área. Mesmo considerando a importância desses produtos para o aumento na produtividade, há claros sinais de que esses benefícios se encontram em risco em curto prazo, devido aos efeitos provocados pela utilização de forma inadequada e não planejada dos agrotóxicos. O impacto econômico negativo resultante dos casos de resistência de plantas daninhas a herbicidas é um dos grandes problemas enfrentados atualmente. Ademais, a contaminação de ecossistemas representando a perda gradual de biodiversidade e a grande ameaça à saúde humana torna urgente a busca por alternativas a esses compostos atualmente em uso. Os herbicidas comercializados agem sobre aproximadamente 20 alvos conhecidos, porém, desde a década de 80 não são apresentados novos compostos que comprovem ação em novos sítios de ação. Dessa forma, o principal objetivo deste projeto é desenvolver um herbicida baseado em amidas, isoladas de plantas, especialmente do gênero Piper, com efeitos fitotóxico e alelopático observados em estudos prévios. O desenvolvimento deste projeto também fornece meios de descobrir novos alvos de atividade herbicida e observar efeitos sobre alvos já estabelecidos e utilizar como coadjuvantes de herbicidas comercializados, além de melhorar os parâmetros físico-químicos com síntese de análogos para adequação à utilização no campo e para obtenção de alternativas de manejos racionais e sustentáveis. As espécies da família Piperaceae apresentam uma grande pletora de compostos químicos, dentre os quais, as amidas, que têm exibido inúmeras atividades biológicas. E em estudos prévios, o extrato bruto das raízes da espécie Piper tuberculatum, uma espécie presente principalmente na Região Amazônica e no Nordeste brasileiro, cuja composição química é abundante em amidas, apresentou atividade alelopática significativa. Ponderando-se estes pontos, e reforçando o que foi apresentado, este projeto objetiva o desenvolvimento de novos bio-herbicidas a partir de compostos isolados da flora brasileira com o intuito de agregar valor aos produtos originários da biodiversidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)