Busca avançada
Ano de início
Entree

Imunogenicidade e segurança da vacina Coronavac em pacientes com doenças reumatológicas autoimunes: síndrome de Sjörgren primária

Processo: 21/08455-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2021
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Sandra Gofinet Pasoto
Beneficiário:Carolina Campagnoli Machado Freire Martins
Instituição Sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/03756-4 - Avaliação da relevância dos níveis sanguíneos de drogas utilizadas em doenças autoimunes reumatológicas no acompanhamento da segurança, eficácia e aderência à terapêutica, AP.TEM
Assunto(s):Reumatologia   Doenças reumáticas   Doenças autoimunes   Síndrome de Sjögren   Imunogenicidade   Comorbidade   Infecções por Coronavirus   SARS-CoV-2   COVID-19   Vacinas contra COVID-19   Vacina CoronaVac
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Covid-19 | Imunogenicidade | SARS-CoV-2 | Sindrome de Sjorgren primária | Vacina | Reumatologia

Resumo

A pandemia da doença do coronavírus 19 (COVID-19) progrediu rapidamente por todo o mundo, alcançando letalidade de até 20% em diferentes regiões (Garcia LF, 2020). Casos mais graves foram observados em pacientes idosos e com comorbidades, particularmente naqueles com doenças cardiovasculares ou respiratórias crônicas, diabetes e hipertensão (Garcia LF, 2020; Emmi G, 2020). A infecção pelo coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-Cov-2) levantou uma preocupação particular em pacientes com doenças reumáticas autoimunes (DRAI) (Garcia LF, 2020; Emmi G, 2020). Devido à desregulação autoimune inflamatória crônica e ao uso regular de medicamentos imunossupressores (Fernandez-Ruiz R, 2020), esses pacientes foram considerados de alto risco de contrair a infecção pleo SARS-CoV-2 e potencialmente de pior prognóstico (Fernandez-Ruiz R, 2020). Estudos de eficácia da vacina são necessários para verificar a imunogenicidade da vacina contra COVID-19 em pacientes imunossuprimidos com doença reumatológica. Além disso, é relevante avaliar a segurança da vacina nessas populações, assim como a possibilidade de reativação da própria doença reumatológica. A síndrome de Sjögren primária (SSp) é uma doença reumática autoimune sistêmica caracterizada principalmente pelo acometimento das glândulas salivares e lacrimais. Esse dano tecidual leva à disfunção glandular com diminuição da produção de lágrimas e de saliva e, consequentemente, aos sintomas da síndrome sicca. Outras características importantes da SSp são a hiperreatividade das células B levando à produção de vários autoanticorpos circulantes, particularmente os anticorpos anti-Ro/SS-A e anti-La/SS-B, e a evolução para o linfoma em cerca de 5% dos casos (Mariette & Criswell, 2018). Nosso grupo participa de um estudo de registro multicêntrico internacional sobre a SSp e, como parte desse estudo, recentemente foi publicada a análise de 51 pacientes com SSp e infecção pelo SARS-CoV-2 (Brito-Zerón et al., 2020). As comorbidades de base foram um fator de risco chave para um quadro de COVID-19 mais complicado nos pacientes com SSp, com maiores taxas de hospitalização e resultados ruins em comparação com pacientes sem comorbidades (Brito-Zerón et al., 2020).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CLOVIS ARTUR SILVA; LEONARD DE VINCI KANDA KUPA; ANA CRISTINA MEDEIROS-RIBEIRO; SANDRA GOFINET PASOTO; CARLA GONÇALVES SCHAHIN SAAD; EMILY FIGUEIREDO NEVES YUKI; JOAQUIM IVO VASQUES DANTAS LANDIM; VICTOR HUGO FERREIRA E LÉDA; LUISA SACCHI DE CAMARGO CORREIA; ARTUR FONSECA SARTORI; et al. Post-acute COVID-19 in three doses vaccinated autoimmune rheumatic diseases patients: frequency and pattern of this condition. ADVANCES IN RHEUMATOLOGY, v. 63, . (15/03756-4, 19/21173-7, 19/17272-0, 22/09565-0, 21/08455-3, 22/09566-6, 18/09937-9)
ROSA M.R. PEREIRA; MARILIA A. DAGOSTIN; VALERIA F. CAPARBO; LUCAS P. SALES; SANDRA G. PASOTO; CLOVIS A. SILVA; EMILY F.N. YUKI; CARLA G.S. SAAD; ANA C. MEDEIROS-RIBEIRO; LEONARD V.K. KUPA; et al. Anti-SARS-CoV-2 inactivated vaccine in patients with ANCA-associated vasculitis: Immunogenicity, safety, antibody decay and the booster dose. Clinics, v. 78, . (15/03756-4, 20/09367-8, 19/17272-0, 21/08455-3, 18/09937-9)
PASOTO, SANDRA GOFINET; HALPERN, ARI STIEL RADU; NORONHA GUEDES, LISSIANE KARINE; MEDEIROS RIBEIRO, ANA CRISTINA; FIGUEIREDO YUKI, EMILY NEVES; SCHAHIN SAAD, CARLA GONCALVES; ALMEIDA DA SILVA, CLOVIS ARTUR; KANDA KUPA, LEONARD DE VINCI; BETANCOURT VILLAMARIN, LORENA ELIZABETH; DE OLIVEIRA MARTINS, VICTOR ADRIANO; et al. Inactivated SARS-CoV-2 vaccine in primary Sjogren's syndrome: humoral response, safety, and effects on disease activity. CLINICAL RHEUMATOLOGY, v. 41, n. 7, p. 11-pg., . (20/11677-5, 20/09367-8, 19/17272-0, 17/14352-7, 15/03756-4, 18/09937-9, 21/08455-3)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.