Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação da limpeza das paredes dos canais e solubilidade de tecido simulado promovido por protocolos de irrigação convencional e protocolos de agitação com ponta ultrassônica experimental

Processo: 21/10378-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Marco Antonio Hungaro Duarte
Beneficiário:Luana Arantes de Souza Lima
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Irrigação (cirurgia bucal)   Hipoclorito de sódio   Escova de dentes ultrassônica   Solubilização   Instrumentação biomédica   Fenômenos biomecânicos   Teste de Tukey

Resumo

O uso de métodos de agitação dos irrigantes tem sido cada vez mais recomendado em Endodontia com o intuito de potencializar a limpeza e antissepsia do sistema de canais radiculares, visto que no momento do preparo biomecânico dos canais radiculares, cerca de 35% das paredes dos canais não são tocadas, principalmente áreas de maior complexidade anatômica. Dessa forma, o uso de soluções irrigadoras juntamente com protocolos de agitação aumenta o contato do irrigante com as paredes do canal e carreiam o irrigante para áreas de complexidade, visando aumentar seu poder de limpeza e dissolução de matéria orgânica. Portanto, esse projeto de pesquisa tem como objetivo comparar as propriedades de limpeza e solubilidade de tecido simulado dos irrigantes, com e sem o uso de pontas ultrassônicas para agitação, será utilizado uma ponta de agitação experimental Sonic Vac. Para isso, 30 dentes premolares inferiores unirradiculados serão divididos em 3 grupos e terão sua cavidade pulpar acessada e serão instrumentados com instrumento Logic 2 no CRT, juntamente à instrumentação será realizada a irrigação dos canais com NaOCl seguindo 3 protocolos diferentes: - grupo 1: irrigação convencional com Hipoclorito de sódio a 2,5% sem agitação; - grupo 2: irrigação com Hipoclorito de sódio a 2,5% e agitação com ponta ultrassônica convencional (Irrisonic); e - grupo 3: irrigação com Hipoclorito de sódio a 2,5% e agitação com a ponta ultrassonica experimental Sonic Vac. Após as agitações os dentes serão clivados e analisados na microsocopia eletrônica de varredura e analisados em escores. Para o teste de solubilidade, 30 dentes prototipados com duas aberturas laterias na raiz, uma no terço apical e outra no terço médio onde se encaixarão capilares com fio Catgut cromado, em que ficarão em contato com o canal e permitirá a análise do poder de dissolução tecidual. O capilar isoladamente e com o fio no seu interior serão pesados previamente e depois de cada protocolo descrito acima. O peso inicial será subtraído do peso final. A diferença será dividida do peso inicial e então terá a porcentagem de solubilização. Os dados dos pesos antes e depois, bem como da porcentagem solubilização serão submetidos aos testes de normalidade pelo Shapiro-Wilkis. Caso ocorra distribuição normal, os dados intragrupos serão comparados pelo teste T, caso não ocorra distribuição normal, os dados serão comparados pelo teste de Wilcoxon. Para comparação entre grupos, será empregado o teste de Anova e Tukey caso a distribuição seja normal e teste de Kruskal-Wallis e Dunn, caso os dados não apresentem distribuição normal. Será empregado um nível de significância de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)