Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação clínica e genética da associação entre Hiperaldosteronismo Primário e Câncer Papilífero de Tireoide

Processo: 21/09879-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de outubro de 2021
Vigência (Término): 30 de junho de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Madson Queiroz Almeida
Beneficiário:Ana Alice Wolf Maciel
Instituição Sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/15873-6 - Investigação de novos aspectos genéticos, clínicos e anatomopatológicos da hipertensão arterial de origem endócrina, AP.TEM
Assunto(s):Endocrinologia   Hiperaldosteronismo   Câncer papilífero da tireoide   Aldosterona
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:aldosterona | Câncer Papilífero de Tireóide | hiperaldosteronismo primário | Endocrinologia e Metabologia

Resumo

O Hiperaldosteronismo Primário (HP) constitui a causa mais frequente de Hipertensão Arterial (HA) endócrina, com prevalência de 20% entre os hipertensos resistentes. O HP está associado a um maior risco de malignidade, provavelmente relacionado aos efeitos da aldosterona em induzir proliferação celular. Recentemente, foi demonstrada uma maior prevalência de HP em pacientes hipertensos com Câncer Papilífero de Tireoide (CPT), comparável a prevalência de HP na HA resistente. Adicionalmente, o HP foi associado a uma maior frequência de alterações ultrassonográficas benignas, principalmente bócio multinodular atóxico. Apesar dessas evidências iniciais, a associação do HP e CPT permanece pouco elucidada. Dessa forma, o nosso objetivo principal é investigar a associação entre HP e CPT do ponto de vista clínico e genético. Os objetivos específicos são: 1) avaliar a prevalência de HP em uma coorte transversal de pacientes com CPT e HA; 2) investigar alterações ultrassonográficas na tireoide de pacientes com HP; 3) sequenciar o exoma (DNA de leucócitos periféricos) dos pacientes com HP e CPT pareado com o tecido tumoral; e 4) realizar o estudo funcional de variantes em genes candidatos selecionados no sequenciamento exômico. As metodologias empregadas para atingir os objetivos serão sequenciamento paralelo em larga escala, sequenciamento automático por SANGER, análise de bioinformática, PCR em tempo real e imunohistoquímica. Com esse projeto, esperamos definir a prevalência de HP em pacientes hipertensos com CPT e identificar a etiologia genética da associação entre HP e CPT. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACHEI, A. A. W.; FREITAS, T. C.; FAGUNDES, G. F. C.; PETENUCI, J.; VILELA, L. A. P.; BRITO, L. P.; GOLDBAUM, T. S.; ZERBINI, M. C. N.; LEDESMA, F. L.; YANNO, F. Y.; et al. Intra-individual Variability of Serum Aldosterone and Implications for Primary Aldosteronism Screening (Nov, dgac679, 2022). JOURNAL OF CLINICAL ENDOCRINOLOGY & METABOLISM, v. N/A, p. 1-pg., . (19/15873-6, 21/09879-1)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.