Busca avançada
Ano de início
Entree

Entre cordas e acordos, da ponta ao talão: etnografia de uma rede de projetos sociais de intervenção social pelo ensino da música

Processo: 20/12294-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2021
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia
Pesquisador responsável:Rose Satiko Gitirana Hikiji
Beneficiário:Paula Bessa Braz
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/05318-7 - O musicar local: novas trilhas para a etnomusicologia, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):23/01233-0 - Música, intervenção social e a dádiva, BE.EP.DR
Assunto(s):Música   Educação musical   Música instrumental   Etnomusicologia   Organização não governamental   Ação social
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Antropologia Musical | Etnografia das Instituições | Música e intervenção social | Antropologia e Música

Resumo

Este projeto de doutorado propõe perscrutar as formas através das quais a prática musical instrumental é empregada sob a premissa de produzir intervenção social em uma rede de instituições e projetos sociais, presente em quatro Estados do Brasil, que trabalha com o ensino musical instrumental, e consiste em um desdobramento de minha pesquisa de mestrado realizada junto ao projeto temático ""Musicar local - novas trilhas para a etnomusicologia"". Para isso, proponho realizar uma etnografia multilocal dessa rede, buscando compreender de que forma os fazeres musicais empreendidos nesses vários espaços se relacionam uns com os outros, se guardam ou não semelhanças em suas atuações, e também em relação às diretrizes da instituição que os financia. Buscando referências em distintas frentes de conhecimento antropológico, este trabalho pretende conjugar uma literatura de antropologia musical a uma antropologia das instituições, buscando entender, nesse universo das organizações não governamentais, ou 'entes técnico burocráticos', como são atribuídos sentidos a esse fazer musical para a intervenção social. Para tanto, argumento que é necessário (I) percorrer a rede de relações entre as instituições conectadas, seus emaranhados, e suas mediações burocráticas; mas também (II) compreender as formas pelas quais esse mesmo discurso informa as práticas dos projetos sociais, seus fazeres musicais e suas práxis sonoras. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)