Busca avançada
Ano de início
Entree

Distribuição estratigráfica e espacial dos depósitos contorníticos Cenozoicos no Atlântico Sul

Processo: 21/11375-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2021
Vigência (Término): 31 de maio de 2024
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Geológica
Pesquisador responsável:Luigi Jovane
Beneficiário:Adolfo Nicolau Britzke
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/24946-9 - Mudanças do nível do mar e o Sistema Monçônico Global: avaliação através de testemunhos marinhos no Brasil, AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Geofísica   Paleoclimatologia   Estratigrafia   Cenozoico   Quaternário   Nível do mar   Sedimentologia marinha   Petrofísica   Mudança climática   Plataforma continental   Atlântico Sul

Resumo

Identificar como as margens continentais foram afetadas durante variações geológicas do clima e de nível do mar é de suma importância para a reconstrução paleoambiental e para a predição dos efeitos que mudanças climáticas atuais terão sobre as margens no futuro próximo. As regiões tropicais são uma importante fonte de calor para as médias e altas latitudes. O sistema Oceano Atlântico-Atmosfera é singular, pois é o único sistema que atualmente transporta calor pelo equador através das correntes oceânicas. Portanto, é essencial realizar reconstruções climáticas precisas, documentação e implementação de climas atlânticos em modelos climáticos de grande escala. Isso, no entanto, tem sido dificultado para a maioria do Cenozóico devido à falta de registros suficientes de sedimentos de baixa latitude. Aqui propomos investigar mudanças paleoceanográficas ao longo do Cenozóico, impulsionadas por forçamentos a longo e a mais curto prazo, desde as condições de alto gás estufa no Eoceno até glaciações no Quaternário, através da reconstrução de processos oceanográficos, em especial as correntes oceânicas e os depósitos sedimentares contorníticos, que estão associados a estas correntes. Dentro desse contexto, este projeto visa, relatar e detalhar os deposítos sedimentares contorníticos na Plataforma Continental Brasileira durante o Cenozóico, em especial durante o Quaternário, afim de verificar como as transições climáticas e de nível do mar do Quaternário afetaram a evolução da plataforma continental equatorial brasileira. Para tal será empregado o uso de um novo sistema de sísmica de reflexão multicanal de alta resolução (7000J Sparker) em conjunto com a amostragem e análise petrofísica de sedimentos marinhos em três locais da costa brasileira abordo das embarcações científicas Alpha Crucis e Alpha Delphini da USP. Esta proposta é parte do projeto temático multidisciplinar FAPESP (16/24946-9), Sea-Level changes and Global Monsoon System - Clues from marine cores in Brazil. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)