Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanopartículas lipídicas para encapsulação e carreamento de produtos naturais: métodos de preparo, comparação e otimização

Processo: 20/15185-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2022
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2024
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Carlos José Leopoldo Constantino
Beneficiário:Gilia Cristine Marques Ruiz
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/22214-6 - Rumo à convergência de tecnologias: de sensores e biossensores à visualização de informação e aprendizado de máquina para análise de dados em diagnóstico clínico, AP.TEM
Assunto(s):Lipossomos   Materiais biomiméticos   Nanocarreadores   Nanopartículas lipídicas sólidas
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:cumarina | lipossomos | materiais biomiméticos | nanocarreadores | Nanopartículas Lipídicas Sólidas | Vesículas Lipídicas

Resumo

As doenças inflamatórias intestinais afetam cerca de 11 milhões de pessoas em todo mundo. Se não obtido o diagnóstico rápido e não tratada de maneira adequada, podem levar ao desenvolvimento de câncer colorretal, uns dos mais recorrentes no Brasil. Uma das substâncias naturais promissoras para tratar tais doenças é a 4-metilesculetina (4-ME), da classe das cumarinas. Neste projeto, pretende-se aumentar a atividade anti-inflamatória da 4-ME no tratamento de doenças inflamatórias intestinais encapsulando esse composto em sistemas lipídicos nanoparticulados. Tais sistemas podem permitir a entrega mais efetiva da substância em tecidos-alvo bem como sua liberação controlada, permitindo o aumento da eficácia do tratamento. Para isso, serão comparados dois sistemas carreadores muito utilizados para tais finalidades: as nanopartículas lipídicas sólidas (SLN) e os lipossomas. Serão utilizadas técnicas de caracterização dos sistemas lipídicos, tais como espectroscopia óptica, nanoscopia, espalhamento dinâmico de luz e potencial zeta, bem como o estudo da eficiência de encapsulação. Além disso, estudos in vitro de liberação controlada e biocompatilidade celular estão previstos em parceria com a UNESP de Botucatu. Este trabalho será complementado utilizando métodos computacionais (inteligência artificial) e modelos matemáticos para determinar o mecanismo de liberação da cumarina das nanopartículas. Este projeto de pós-doutorado é vinculado ao Temático FAPESP "Rumo à convergência de tecnologias: de sensores e biossensores à visualização de informação e aprendizado de máquina para análise de dados em diagnóstico", 2018/22214-6, e será desenvolvido no Laboratório de Materiais Nanoestruturados para Análises Ambientais e Biológicas, coordenado pelo Prof. Dr. Carlos José Leopoldo Constantino na UNESP de Presidente Prudente. Além disso, um estágio BEPE de 12 meses será realizado na University of Southern Denmark, Odense, Dinamarca.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)