Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da saliva de usuários de crack

Processo: 21/14395-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2022
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Janete Dias Almeida
Beneficiário:Tais Maria Cardoso de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Estomatologia   Cocaína crack   Saliva   Espectrometria   Espectroscopia Raman   Espectroscopia vibracional   Espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier

Resumo

A saliva é uma secreção aquosa transparente secretada pelas glândulas salivares diretamente na cavidade bucal. Sua maior parte (cerca de 99%) é constituída por água e cerca de 1% por proteínas. Essas proteínas e peptídeos podem ser caracterizados e analisados para monitorar ou identificar várias doenças. O desenvolvimento de novas técnicas de separação de proteínas e diferentes dispositivos instrumentais, como espectrometria oferece uma ampla escolha para realizar estudos proteômicos. O objetivo deste estudo é analisar a composição da saliva de usuários de crack por meio da espectroscopia vibracional. Para isso, dois grupos de participantes do Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (CRATOD) serão selecionados por profissionais do local. As amostras de saliva serão coletadas por conveniência de 90 indivíduos atendidos consecutivamente que aceitarem participar do presente estudo. Os participantes comporão 3 grupos, sendo composto por 30 indivíduos usuários de crack há mais de 30 dias, sem alterações clínicas visíveis em mucosa bucal, grupo de ex usuários de crack (ExC) e grupo de não usuários de crack (Controle), respeitando os critérios de inclusão e exclusão para participar da pesquisa. A análise será feita por espectroscopia vibracional com análise de FT-Raman, será utilizado o espectrômetro FT-Raman, modelo Multi Raman (Bruker Optics). Os dados serão submetidos à análise estatística por meio do programa computacional PRISM (GraphPad Inc., versão 5.03, 2010) e software R (versão 3.6.1). A estatística descritiva consistirá no cálculo de médias e desvio padrão.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)