Busca avançada
Ano de início
Entree

Indução de peroxissomos pelo colostro: fazendo a ligação entre nutrição perinatal e desenvolvimento a longo prazo e fertilidade em suínos

Processo: 21/12819-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 24 de março de 2022
Vigência (Término): 23 de março de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Arlindo Saran Netto
Beneficiário:Leriana Garcia Reis
Supervisor: Theresa Casey
Instituição Sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Local de pesquisa: Purdue University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:19/22764-9 - Impacto do leite enriquecido naturalmente com óleo de linhaça e soja, sobre a expressão gênica e o sistema imunológico, BP.DR
Assunto(s):Fertilidade   Lipidômica   Metabolômica   Reprodução   Peroxissomos   Colostro
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:fertilidade | Lipidômica | Metabolomica | Reprodução

Resumo

O custo da reposição de marrãs com ingestão limitada de colostro custa à indústria de suínos mais de US $ 200 milhões por ano. Nossa análise exploratória encontrou porcas inférteis com níveis mais baixos de ácido araquidônico (ARA) e uma abundância maior de ácidos graxos de cadeia muito longa (VLCFA) do que porcas altamente férteis. Como os esfregaços vaginais foram coletados com três semanas de idade, presumimos que a ARA indicava um nível de ingestão de colostro. Em segundo lugar, altos níveis de VLCFA em animais inférteis eram indicativos de acúmulo de sangue no tecido. Indivíduos com doenças peroxissômicas têm acúmulo de VLCFA. Os peroxissomos desempenham papéis centrais na homeostase lipídica e na fertilidade. Nossa hipótese é que diferentes níveis de colostro estimulam diferentes taxas de biogênese peroxissômica. Diferentes níveis de função peroxissômica e metabólitos, por sua vez, afetam o desenvolvimento dos sistemas reprodutivos que afetam a fertilidade ao longo da vida. O objetivo geral do projeto é estabelecer a ligação entre a ingestão de colostro e a indução da biogênese do peroxissomo e metabólitos e fertilidade em suínos e completar o seguinte 1) Medir a taxa sintética fracionária de proteínas relacionadas ao peroxissomo em resposta ao nível de ingestão de colostro no fígado, jejuno e tecido vaginal de marrãs; 2) Analisar se a abundância de peroxissomos nos tecidos e a expressão de mRNA de proteínas peroxissomais relacionadas são alteradas em resposta ao nível de ingestão de colostro, e 3) Determinar se há uma relação entre o nível de ingestão de colostro nas primeiras 24 horas após o nascimento com mudanças temporais em tecidos e lipídios do sangue e resultados de fertilidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)