Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da atividade de micropartículas contendo nanopartículas de trans- resveratrol contra cepas clínicas de Helicobacter pylori: estudo in vitro

Processo: 21/11681-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 04 de abril de 2022
Vigência (Término): 03 de abril de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Marlus Chorilli
Beneficiário:Larissa Sposito
Supervisor no Exterior: Maria Cristina Teixeira Lopes da Costa Pinto Lopes Martins
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade do Porto (UP), Portugal  
Vinculado à bolsa:19/09597-6 - Micropartículas gastrorretentivas contendo nanopartículas de trans resveratrol aplicadas ao tratamento de infecções por Helicobacter pylori, BP.DR
Assunto(s):Anti-infecciosos   Helicobacter pylori   Nanopartículas poliméricas   Sistemas de liberação de medicamentos

Resumo

O Helicobacter pylori é um microrganismo que está diretamente relacionada com quadros clínicos severos de gastrite crônica, úlcera péptica podendo evoluir para câncer gástrico. Os fatores de virulência e capacidade desta bactéria em formar biofilmes fazem com que haja aumento da resistência aos antimicrobianos convencionais. Neste sentido, é crescente o interesse na busca de novas substâncias, dentre elas de origem natural, bem como de novas estratégias no tratamento frente ao H. pylori. O uso de micropartículas contendo nanopartículas com caráter gastrorretentivo demonstra ser uma estratégia interessante para administração oral objetivando a vetorização para a região gástrica de substâncias ativas, como o trans-resveratrol (RESV), visando potencial aplicação frente a infecções por H. pylori. Desse modo o projeto proposto tem como objetivo a utilização das micropartículas contendo nanopartículas de RESV já desenvolvidas no projeto da beneficiaria no país frente a cepas clínicas multirresistentes de H. pylori, também será avaliada a interação do sistema de liberação com as células bacterianas e sua citotoxicidade em linhagem celular de estomago. Desta forma, espera-se que o sistema já desenvolvido tenha atividade antibacteriana em cepas multirresistentes nos experimentos in vitro propostos alinhado ao baixa toxicidade em linhagens de estomago.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)