Busca avançada
Ano de início
Entree

Isolamento e avaliação do potencial anti-Trypanosoma cruzi de metabólitos secundários da bactéria marinha Bacillus altitudinis

Processo: 21/12827-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2022
Vigência (Término): 30 de novembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:André Gustavo Tempone Cardoso
Beneficiário:Mariana Babberg Abiuzi
Instituição Sede: Instituto Adolfo Lutz (IAL). Coordenadoria de Controle de Doenças (CCD). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Protozoologia   Doença de Chagas   Fármacos   Trypanosoma cruzi   Ressonância magnética nuclear   Citotoxicidade
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:bactérias marinhas | Doença de Chagas | fármacos | Terapia | Tratamento | Trypanosoma cruzi | doença de Chagas

Resumo

A Doença de Chagas afeta cerca de 8 milhões de pessoas, dispondo apenas de um único fármaco aprovado no Brasil. Considerando as limitações terapêuticas desta protozoose, assim como a falta de interesse do setor privado no investimento em novas terapias, constata-se a necessidade da pesquisa em novos fármacos. Compreendendo uma vastíssima quimiodiversidade, metabólitos microbianos marinhos são uma das importantes fontes de novos protótipos farmacêuticos anti-infecciosos. Este projeto tem por objetivo, isolar por estudos biomonitorados em Trypanosoma cruzi, metabólitos secundários da bactéria marinha Bacillus altitudinis, obtida de uma alga marinha do litoral norte de São Paulo. Os compostos bioativos serão isolados por diferentes técnicas cromatográficas (HPLC), e posteriormente analisados por estudos de desreplicação em ressonância magnética nuclear. A elucidação estrutural dos compostos ativos será realizada por técnicas espectrométricas e espectroscópicas. Os compostos puros serão avaliados quanto a potência em formas tripomastigotas e amastigotas intracelulares, visando-se determinar a Concentração Efetiva 50%. A citotoxicidade será avaliada em células de mamífero NCTC para se determinar o Índice de Seletividade dos compostos ativos. Por meio da plataforma in silico SwissADME, serão realizadas análises para eliminação de compostos de interferência (PAINS). Desta forma, este projeto visa contribuir com futuros protótipos farmacêuticos para doenças negligenciadas como a doença de Chagas.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)