Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos agudos de breaks do comportamento sedentário com exercício isométrico sobre indicadores de saúde vascular e funções cognitivas em idosos

Processo: 21/01318-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2022
Vigência (Término): 31 de julho de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Nelson Wolosker
Beneficiário:Paolo Marcello da Cunha Fabro
Instituição Sede: Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein (IIEPAE). Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (SBIBAE). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cognição   Envelhecimento   Exercício   Saúde mental   Vascular
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:adaptação cardiovascular | cognição | Envelhecimento | Exercício | Saúde Mental | Vascular

Resumo

Longos períodos em comportamento sedentário têm sido associado com disfunção vascular e redução da função cognitiva em diferentes populações. Embora a recomendação de realizar pausas com pequenas caminhadas venha sendo difundida, seus benefícios ainda não são consenso. Ao longo dos últimos anos vários estudos vêm mostrando que exercícios isométricos promove adaptações positivas na saúde vascular, benefícios esses que poderiam repercutir na função cognitiva. Porém, o quanto esse exercício pode ser uma estratégia eficiente para minimizar as consequências do comportamento sedentário ainda é incerto. Diante disso, o objetivo desse projeto será de comparar os efeitos agudos de breaks do comportamento sedentário utilizando o exercício isométrico de agachamento apoiado na parede em indicadores de saúde cardiovascular e funções cognitivas de idosos. Os participantes realizarão, em ordem aleatória, três sessões experimentais (controle, break com exercício isométrico de agachamento apoiado na parede [EI] e break padrão ([caminhada]). Todas as sessões terão um período em comportamento sedentário de 4 horas. Na sessão break padrão e na sessão break isométrico os participantes realizarão breaks de caminhada e de exercício isométrico de agachamento apoiado a cada 30 min, e na sessão controle permanecerão sentados sem breaks. Antes e após esse período serão avaliadas a função vascular, pressão arterial, modulação autonômica cardíaca e funções cognitivas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CUNHA, PAOLO M.; NUNES, JOAO PEDRO; WERNECK, ANDRE O.; RIBEIRO, ALEX S.; DA SILVA MACHADO, DANIEL GOMES; KASSIANO, WITALO; COSTA, BRUNA D., V; CYRINO, LETICIA T.; ANTUNES, MELISSA; KUNEVALIKI, GABRIEL; et al. Effect of Resistance Exercise Orders on Health Parameters in Trained Older Women: A Randomized Crossover Trial. MEDICINE AND SCIENCE IN SPORTS AND EXERCISE, v. 55, n. 1, p. 14-pg., . (21/01318-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.