Busca avançada
Ano de início
Entree

Triagem genética e testes de fertilidade baseados em biomarcadores de sêmen bovino

Processo: 21/13062-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de abril de 2022
Vigência (Término): 31 de março de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Mayra Elena Ortiz D' Avila Assumpcao
Beneficiário:Mayra Elena Ortiz D' Avila Assumpcao
Anfitrião: Peter Sutovsky
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Missouri, Columbia (UM), Estados Unidos  
Assunto(s):Fenótipo   Fertilidade   Genômica   Estudo de associação genômica ampla   Polimorfismo de um único nucleotídeo   Biotecnologia da reprodução

Resumo

Com a mudança climática, incêndios, enchentes, aquecimento global fazem parte do nosso dia a dia. Um dos fatores responsáveis pela situação na qual o mundo se encontra, apontada na COP26 em Glasgow mês passado, é a pecuária. No entanto, não basta culpar um setor e exigir que o consumidor não coma mais carne, principalmente a de bovinos. É necessário que cada setor pense em soluções e alternativas para melhorar essa situação. Pensando na minha área de atuação, que é a produção de carne bovina, a pergunta que vem é o que posso fazer? Quais pesquisas devem ser feitas para que esse cenário possa melhorar. A resposta está na melhoria da eficiência reprodutiva. Ter nas centrais touros que serão inférteis ou subférteis é emissão desnecessária de metano. Até esses touros estarem aptos a se reproduzirem, realizarem todos os testes de fertilidade são anos. Devemos focar nossos estudos na seleção e na predição desses animais. Em estudos anteriores, foram identificadas mutações genéticas associadas com alta e baixa fertilidade de touros por meio de sequenciamento do genoma completo e análise de associação do genoma. O foco principal está nos polimorfismos homozigotos recessivos de nucleotídeo único (SNPs) que impactam o fenótipo de espermatozoides em mutantes homozigotos. No entanto, quando o touro é portador de alelo mutante heterozigoto, essa mutação pode não afetar a fertilidade, mas é suficiente para disseminar tais alelos prejudiciais no pool genético propagado por IA. A hipótese desse projeto é de que as diferenças nas taxas de fertilidade de touros que passaram na avaliação de saúde reprodutiva são devido a um número relativamente pequeno de polimorfismos identificáveis em genes-chave que afetam a espermatogênese, a função espermática e o desenvolvimento embrionário inicial. O objetivo de pesquisa é avaliar os fenótipos de espermatozoides associados e seu impacto geral na morfologia, estrutura da proteína, função e localização dos espermatozoides por meio de citometria de fluxo multiplex de alto rendimento, incluindo fluorometria de espermatozoide, zinco, proteômica e imagem celular. As técnicas de reprodução assistida (ART) são parte integrante da indústria pecuária, aumentando o efeito dos programas de melhoramento baseados na seleção genômica, melhorando o desempenho reprodutivo, o ganho genético e a eficiência geral. Essas técnicas associadas à seleção genômica trarão uma maior contribuição e uma melhor eficiência reprodutiva e produtiva.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)