Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das propriedades antitumorais de óxido nítrico e nanopartículas de liberação quimioterápica em células de câncer de fígado

Processo: 21/12705-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 18 de novembro de 2022
Vigência (Término): 17 de novembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Amedea Barozzi Seabra
Beneficiário:Joana Claudio Pieretti
Supervisor no Exterior: Jordi Muntane Relat
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidad de Sevilla (US), Espanha  
Vinculado à bolsa:20/03646-2 - Impacto das nanoplataformas baseadas em óxido nítrico e quimioterápicos na citotoxicidade e sensibilização de células tumorais resistentes, BP.DR
Assunto(s):Neoplasias hepáticas   Estresse oxidativo   Nanopartículas   Óxido nítrico   Sinalização   Toxicidade   Nanotecnologia

Resumo

O carcinoma hepatocelular é a terceira causa de morte em câncer, com baixa sobrevida e resistência à quimioterapia convencional, principalmente nos estágios intermediário e avançado. Nesse sentido, a nanomedicina tem se mostrado uma estratégia promissora para a superação da quimiorresistência e redução dos efeitos colaterais proporcionais. Nanopartículas de óxido de sílica (NPs de SiO2) e NPs de ZnO têm sido relatadas como nanopartículas interessantes para aplicações biomédicas, devido à sua baixa toxicidade e potencial para transportar fármacos. Essa estratégia também pode ser aliada à liberação exógena de óxido nítrico (NO), que é uma importante molécula sinalizadora endógena, recentemente relatada como um importante ator para superar a resistência quimioterápica. Assim, neste projeto pretendemos avaliar o efeito sinérgico de drogas quimioterápicas clássicas aliadas a NPs de SiO2 e NPs de ZnO liberadores de NO, previamente preparados no atual projeto de doutorado (2020 / 03646-2) e inibidores de tirosina quinase contra linhagens de células de câncer de fígado em diferentes estágios de diferenciação celular em células cultivadas 2D e 3D. Também pretendemos investigar os mecanismos de morte e o papel do NO na sensibilização de células tumorais resistentes a quimioterápicos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)