Busca avançada
Ano de início
Entree

Eletrodos de carbono de baixo custo e alto desempenho para aplicação em bateria de fluxo redox

Processo: 21/14537-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de maio de 2022
Vigência (Término): 30 de abril de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Frank Nelson Crespilho
Beneficiário:Luana Cristina Italiano Faria
Supervisor no Exterior: Michael J. Aziz
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: Harvard University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:19/21089-6 - Superfícies de carbono para aplicação em baterias orgânicas: propriedades estruturais da interface hidrogel/eletrólito/eletrodo, BP.DD
Assunto(s):Combustíveis fósseis   Impactos ambientais   Baixo custo   Energia renovável   Energia fotovoltaica   Energia eólica   Baterias

Resumo

As preocupações com os problemas ambientais causados pelos combustíveis fósseis e a contínua crise energética aumentaram o interesse por fontes de energia renováveis, como vento, maré e luz solar. Porém, para atender à alta demanda de energia da sociedade, a energia fotovoltaica e eólica deve ser armazenada em baterias, devido à intermitência inerente a essas fontes renováveis. As baterias de fluxo redox (RFBs) são o sistema mais promissor para armazenamento sustentável de energia em grande escala, pois têm design e operação modular flexível, custos de manutenção moderados, excelente escalabilidade e longo ciclo de vida. Eletrodos à base de carbono têm sido amplamente aplicados em RFBs orgânicas aquosas. No entanto, muitos desses materiais não apresentam estabilidade química e robustez mecânica satisfatórias, e são impregnados com ligantes que diminuem a hidrofilicidade e a área superficial eletroquimicamente ativa do eletrodo. Nesse contexto, o objetivo principal deste trabalho é examinar e comparar as propriedades e o desempenho de diferentes eletrodos de carbono comercialmente disponíveis em experimentos de meia-célula e em RFBs orgânicas aquosas. Além disso, materiais à base de carbono com defeitos de bordas e grupos funcionais oxigenados serão projetados para alcançar eletrodos de baixo custo e altas densidades de energia e potência sem catalisadores. O desempenho dos eletrodos à base de carbono será avaliado por meio de experimentos eletroquímicos e sua morfologia, estrutura e composição serão caracterizadas por técnicas microscópicas e espectroscópicas. Dessa forma, propõe-se uma aplicação inovadora para eletrodo à base de carbono em uma RFB, que está sendo desenvolvida no projeto de pesquisa de doutorado no Brasil. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)