Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da suplementação com óleo de peixe rico em ômega-3 em linfócitos de ratos Goto-Kakizaki magros

Processo: 22/01256-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2022
Vigência (Término): 30 de setembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Renata Gorjao
Beneficiário:Elvirah Samantha de Sousa Santos
Instituição Sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa. Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/09868-7 - Mecanismos celulares e moleculares envolvidos na resistência à insulina e inflamação em ratos Wistar obesos e Goto-Kakizaki magros: causas e associações com dieta e exercício físico, AP.TEM
Assunto(s):Imunometabolismo   Imunofenotipagem   Resistência à insulina   Linfócitos T reguladores   Óleos de peixe   Ácidos graxos ômega-3   Western blotting   Citometria de fluxo   Modelo experimental   Modelos animais de doenças
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Células T reguladoras | Linfócitos Th1 | Linfócitos Th17 | óleo de peixe | resistência a insulina | Imunometabolismo

Resumo

O Diabetes Mellitus tipo II (DM2) é a forma mais prevalente de diabetes e está relacionado a fatores genéticos e ambientais. O desenvolvimento da obesidade tem sido uma das principais causas associadas a resistência à insulina (RI) e DM2. No entanto, há um número elevado de pacientes não obesos que apresenta esta patologia. Os ratos Goto-Kakizaki (GK) são um modelo experimental que desenvolvem quadro bem definido de RI e DM2, sem apresentarem obesidade. Assim, o objetivo deste estudo é investigar os efeitos da suplementação com ácidos graxos n-3 no processo de polarização de linfócitos T. Ratos Goto-Kakizaki (GK) (n=16) serão selecionados e comparados aos ratos Wistar (n=16). A suplementação com ácidos graxos n-3 será iniciada em animais com 8 semanas de idade e estender-se-á por 8 semanas. Nos grupos suplementados com ácidos graxos n-3, será utilizado o óleo de peixe contendo 540 mg de EPA e 100mg de DHA (HiOMEGA, Naturalis, São Paulo), na dose de 2 g por Kg de massa corpórea, três vezes por semana, administrado por gavagem. Os respectivos grupos não suplementados receberão o mesmo volume de água. Será realizado o teste de tolerância à glicose (GTT) e o teste de tolerância à insulina (ITT) na sétima semana do protocolo experimental. No dia da eutanásia será realizada a pesagem dos animais e avaliação do comprimento naso-anal. Após a eutanásia, serão retirados e pesados os tecidos adiposos: epididimal, retroperitoneal e subcutâneo. Os linfócitos serão isolados do baço e realizada a imunofenotipagem de linfócitos Th1, Th2, Th17 e T reguladores por citometria de fluxo; análise da expressão de genes envolvidos com a polarização linfocitária (IL-10, IL-4, TNF-±, INF-gama, IL-17, Gata-3, T-bet, FoxP3, Ror-gama) por PCR em tempo real e fosforilação de proteínas envolvidas com ativação de linfócitos como Akt, ERK1/2, IkB e STAT3 por Western-blotting. A nossa hipótese é de que a suplementação com ácidos graxos n-3 deve diminuir a polarização para o perfil Th1 e Th17 aumentando o perfil de células Treg e modulando a expressão de genes envolvidos com esta polarização. Desta forma, poderemos avaliar a aplicação da suplementação com ácidos graxos n-3 no tratamento de alterações imunológicas promovidas pelo DM2 na ausência de obesidade.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)