Busca avançada
Ano de início
Entree

Sentidos da adoção inter-racial para casais brancos que adotam crianças negras

Processo: 21/11553-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2022
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Social
Pesquisador responsável:Carla Guanaes Lorenzi
Beneficiário:Julia de Moraes Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Democracia   Identidade racial   Adoção   Consentimento esclarecido   Entrevistas (psicologia)

Resumo

A falácia da democracia racial marca a sociedade brasileira e gera tensões raciais veladas e explícitas. A hegemonia do grupo branco transforma a branquitude em norma, destituindo este grupo da noção de serem seres racializados e transformando o racismo numa marca de seus discursos. É neste contexto de relações raciais em que ocorre a adoção inter-racial no Brasil, onde a prática de crianças negras serem adotadas por pais brancos é recorrente, mas ainda pouco explorada pela literatura do campo da Psicologia brasileira. Esta pesquisa se apoia na epistemologia construcionista social, que prioriza a compreensão de como sentidos são produzidos relacionalmente, por meio do uso da linguagem. Tem como objetivo geral produzir sentidos com pais brancos que adotaram crianças negras sobre a adoção inter-racial no contexto brasileiro. Especificamente, busca: a) compreender como se dá a participação dos pais na construção da identidade racial dos filhos; e b) quais são os recursos que utilizam para o enfrentamento de situações de racismo, se/quando vivenciadas. Participarão dessa pesquisa 10 casais brancos que adotaram legalmente filhos negros há pelo menos 2 anos e que aceitaram voluntariamente participar do estudo, assinando Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Estes casais participarão de uma entrevista semiestruturada, que buscará abordar temas como adoção, adoção inter-racial, racismo e construção de identidade racial. Essas entrevistas serão gravadas e transcritas, e analisadas por procedimentos de análise temática, dividido em três etapas: (1) leitura flutuante das transcrições referenciando dados do contexto da entrevista; (2) elaboração de um mapa de associação de ideias; e (3) análise dos mapas, em busca da produção de sentidos. Esperamos que este estudo possa contribuir com um melhor entendimento sobre o fenômeno da adoção inter-racial, estimulando posteriores estudos na área e baseando ações que promovam maiores reflexões sobre as questões implicadas neste processo.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)