Busca avançada
Ano de início
Entree

A evolução da laringe em hylidae: um estudo da diversidade na região Australo-Papuana, américa central e do norte e eurásia

Processo: 21/13669-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2022
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Célio Fernando Baptista Haddad
Beneficiário:Katyuscia de Araujo Vieira
Supervisor no Exterior: Rafe Brown
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Kansas, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:19/24979-2 - Evolução da laringe em anuros: um estudo da estrutura laríngea no gênero mais diverso de pererecas neotropicais (Hylidae: Scinax), BP.PD
Assunto(s):Anatomia animal   Laringe   Anura   Herpetologia   Hylidae

Resumo

A laringe dos anuros é uma estrutura cartilaginosa que abriga as cordas vocais. O som é produzido pela vibração das cordas vocais e cartilagens associadas à medida que o ar acumulado nos pulmões é expirado e se move através da laringe para a cavidade bucal. A laringe é de grande importância durante o período reprodutivo dos anuros, pois é o órgão que produz as vocalizações necessárias para o amplexo bem-sucedido nesse grupo. Os estudos sobre a laringe em anuros restringiram-se basicamente a espécies e pequenos clados, ou a poucas espécies de grandes grupos. Além disso, nenhum estudo abrangente sobre a estrutura morfológica da laringe e sua musculatura associada em toda a diversidade de Anura foi realizado considerando um contexto filogenético. A família Hylidae é o clado mais diverso em espécies de anuros arborícolas (1.031 espécies), com sua diversidade concentrada nas regiões Australo-Papua e Neotropical, com radiações relativamente menores na América Central e do Norte e na Eurásia. Hylidae possui uma grande diversidade morfológica e estrutural da laringe, mas é pouco conhecida considerando o número de espécies e a diversidade morfológica da família. Portanto, este projeto tem como objetivo o levantamento da diversidade da laringe e sua musculatura associada em hilídeos da região Australo-Papua, América Central e do Norte, e Eurásia. Para tanto, se realizará um estudo detalhado da morfologia laríngea da subfamília Pelodryadinae e da tribo Hylini (Hylinae) para melhor compreender a evolução da estrutura laríngea e sua diversidade em Hylidae, com base nas hipóteses filogenéticas propostas para este grupo. Para complementar este estudo, se empregará o método de micro-CT para estudar a estrutura cartilaginosa da laringe e sua musculatura associada para espécies selecionadas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)