Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do tratamento com melatonina sobre as vesículas extracelulares do Câncer de mama

Processo: 21/14359-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2022
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Pesquisador responsável:Debora Aparecida Pires de Campos Zuccari
Beneficiário:Victoria Cavassani Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Oncologia experimental   Neoplasias mamárias   Proliferação celular   Vesículas extracelulares   Fenótipo   Microambiente tumoral   Melatonina   Linhagem celular

Resumo

As vesículas extracelulares (VEs) são liberadas pelas células e medeiam a comunicação célula. Estudos demonstraram que as VEs desempenham um papel vital no câncer, pois são capazes de transferir proteínas e ácidos nucléicos específicos para as células receptoras no microambiente do tumor, estimulando a angiogênese, o crescimento tumoral e até resistência a medicamentos. Assim, são capazes de transferir o fenótipo maligno para células normais e estabelecer, em locais distantes ou outros tecidos, um microambiente favorável para a proliferação de células tumorais, provocando metástases. Como alternativa para controlar esse processo maligno, foram descritas diversas evidências, inclusive em estudos realizados por nossa equipe, mostrando que a melatonina atenua o câncer nas fases de iniciação, progressão e metástase. Assim, o tratamento com melatonina pode gerar efeitos importantes no conteúdo das VEs pequenas relacionados ao controle da progressão do câncer. Portanto, este projeto tem como objetivo fazer a avaliação de linhagens celulares de câncer de mama canino e humano de comportamento benigno quando cultivadas com VEs pequenas provenientes de linhagens celulares de câncer de mama triplo negativo MDA-MB 468 e CF-41, verificando a ação da melatonina nessas estruturas e as consequências no crescimento do tumor e mudança de fenótipo celular. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)