Busca avançada
Ano de início
Entree

Impactos da dança mediada por tecnologia no equilíbrio postural, função física e cognitiva de idosos comunitários

Processo: 21/12592-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 21 de junho de 2022
Vigência (Término): 20 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Karina Gramani Say
Beneficiário:José Emanuel Alves
Supervisor no Exterior: Anabela Gonçalves Silva
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade de Aveiro (UA), Portugal  
Vinculado à bolsa:20/06566-0 - Efeito da estimulação cognitiva associada a exercícios físicos de prevenção de quedas nas dimensões físicas e cognitivas de idosos comunitários com déficit cognitivo, BP.IC
Assunto(s):Cognição   Dança   Equilíbrio postural   Prevenção de quedas   Geriatria   Envelhecimento da população

Resumo

O envelhecimento populacional é um processo evidenciado mundialmente, em que alterações biopsicossociais são percebidas e devem ser monitoradas para não trazer prejuízos funcionais à pessoa idosa. Entre as maiores necessidades atestadas, impedir o acontecimento de eventos incapacitantes evitáveis assume grande importância, como a ocorrência de acidentes por quedas. As quedas estão entre os problemas de saúde mais comuns em países desenvolvidos e a prevenção é capaz de manter o indivíduo ativo. Como prevenção, atividades estruturadas como a dança possuem benefícios comprovados na dimensão cognitiva, no equilíbrio postural e na mobilidade. Investigar os benefícios dessa atividade na prevenção de quedas de idosos comunitários torna-se indispensável. Estudo cego, experimental e controlado. Serão recrutados idosos comunitários de Portugal, com 65 anos ou mais, que não apresentem declínio cognitivo. A intervenção por meio da dança estruturada durará 8 semanas e será monitorada por meio do software DanceMove, pelo uso do tapete de dança e por telefonemas semanais. Os participantes serão avaliados pré e pós teste em relação a caracterização socioeconômica, qualidade de vida, solidão, cognição, equilíbrio e quedas, por meio de perguntas estruturadas e os instrumentos WHOQOL-Bref, EQ-5D & VAS, e a UCLA-6 Loneliness Scale. Espera-se que após intervenção, os participantes evidenciem melhorias nas funções físicas e cognitivas, no equilíbrio e na qualidade de vida, além do medo de cair e no risco de quedas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)