Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação do modelo feedback na recuperação de solos degradados de pastagens da Amazônia Central

Processo: 21/10626-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2022
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Tsai Siu Mui
Beneficiário:Anderson Santos de Freitas
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Microbiologia do solo   Recuperação do solo   Degradação do solo   Rizosfera   Pastagens   Qualidade do solo   Sequenciamento de nova geração   Biologia computacional   Metagenômica   Amazônia

Resumo

A retirada da floresta primária acarreta na perda da camada superficial do solo e na diminuição do teor de nutrientes disponíveis para as plantas, além de aumentar o risco de clareiras causadas por queda de árvores. A recuperação da floresta pode levar até 175 anos, dependendo do uso prévio e do manejo da terra. Este projeto propõe estudar a microbiota da rizosfera de espécies arbóreas utilizadas na recuperação de áreas desmatadas na Amazônia Central, aplicando o modelo "feedback planta-solo" no estabelecimento de espécies florestais nativas ou de importância econômica em solos degradados de pastagem. Num primeiro momento, o "feedback" será determinado em casa de vegetação em microcosmos simulando a transição do solo entre pastagem e estabelecimento de quatro espécies arbóreas sob efeito ou não da Terra Preta da Amazônia e, em outro estudo, será determinada em condições naturais de campo a dinâmica das comunidades microbianas na rizosfera dessas plantas em solos degradados, sob efeito ou não desse "feedback" em comparação com um solo controle. A avaliação incluirá técnicas de sequenciamento de nova geração e análises estatísticas e de bioinformática. Espera-se obter respostas sobre como microrganismos e plantas interagem nos solos da Amazônia e propor melhorias na recuperação das áreas desmatadas e/ou degradadas, através de fornecimento de comunidades microbianas com ações funcionais positivas com foco na qualidade do solo e no desenvolvimento das plantas, determinadas via análise metagenômica funcional. Esta pesquisa atende a uma das propostas do projeto apoiado pela FAPESP "Feeedbacks planta-solo na Floresta Amazônica e em sistemas agrícolas no Estado do Amazonas" (Proc. 2020/08927-0) que o Laboratório de Biologia Celular e Molecular do CENA/USP está desenvolvendo junto com a equipe da EMBRAPA-Amazônia Central e o INPA-Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, pela chamada FAPEAM-FAPESP. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)