Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito antinociceptivo da VD-Hemopressina em um modelo de dor neuropática central associado a neurodegeneração pela estreptozotocina

Processo: 21/04328-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2022
Vigência (Término): 31 de maio de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Camila Squarzoni Dale
Beneficiário:Victhor Teixeira de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Astrócitos   Degeneração neural   Neurociências

Resumo

A doenc'a de Alzheimer (DA) e uma desordem neurodegenerativa caracterizada pela perda progressiva de memoria com deteriorac'ao das func'oes cognitivas. Os dois subtipos sao a DA familiar, influenciada por mutac'ao genetica com posterior metabolismo/deposito extracelular anormal do peptideo b amiloide (bA) e colapso do citoesqueleto pela hiperfosforilac'ao da proteina tau no hipocampo; e a DA esporadica, que recentemente vem sendo descrita como proveniente de uma deficiencia no metabolismo de glicose cerebral. Dor e um problema comum em pessoas que sofrem de demencia. Na DA, manifesta-se como dor neuropatica central (DC), causada pela injuria no sistema nervoso central que leva o paciente a desenvolver quadros de hipersensibilidade que se manifestam na forma de hiperalgesia e alodinia, sendo vista como uma comorbidade que acaba sendo tratada com muito descaso em virtude da dificuldade de comunicac'ao do paciente. Neste contexto, a ativac'ao glial e neuroinflamac'ao nao sao apenas marcas caracteristicas da DC, sendo eventos comuns tanto na DA quanto em casos de comprometimento das func'oes hipocampais em casos de dor neuropatica. Os peptideos da familia da hemopressina (Hp) sao uma ferramenta com grande potencial para o tratamento da dor neuropatica quanto da DA, dada a sua capacidade de modular a atividade do sistema endocanabinoide via receptores especificos. Resultados recentes demonstram que o agonismo do receptor canabinoide do tipo 1 (CB1R) reverte a neuroinflamac'ao associada a astrogliose na presenc'a de bA, regulando negativamente a expressao do fator nuclear Kappa B, interleucina 1 beta (IL-1b) e o fator de necrose tumoral alfa (TNF-a). E embora tenha sido demonstrado que a VD-Hp (uma forma estendida da Hp e agonista do CB1R) possui efeito antinociceptivo, pouco se sabe a respeito do seu efeito sobre a resposta inflamatoria associada aý DA no hipocampo. Sendo assim, torna-se necessaria a investigac'ao dos seus possiveis efeitos na neuroinflamac'ao em um modelo de DC associada aý neurodegenerac'ao, induzida por estreptozotocina (STZ). Para tanto, ratos machos Wistar (90 dias, 250-350 kg) serao submetidos a uma injec'ao intracerebroventricular (icv) bilateral de STZ afim de mimetizar a neurodegenerac'ao caracteristica da doenc'a de Alzheimer esporadica. A VD-Hp (0.25 mg/kg) sera administrada (via intraperitoneal) por 7 dias consecutivos (1 vez ao dia), sendo a sensibilidade mecanica dos animais avaliada por monofilamentos de von Frey nos 3o, 7o, 12o e 15o dias, bem como a avaliac'ao cognitiva atraves do teste de reconhecimento de objetos nos 5o e 6o dias. Ao final do periodo experimental serao coletadas amostras de hipocampo para analises de imunofluorescencia, expressao proteica e genica referentes a aspectos de neuroinflamac'ao. Os resultados obtidos nesse projeto serao fundamentais para que, atraves de novos metodos terapeuticos, seja proporcionada uma melhor qualidade de vida para os pacientes acometidos pela DA que sofrem de dor neuropatica.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)