Busca avançada
Ano de início
Entree

O uso do fulmar do norte (Fulmarus glacialis) como biomarcador dos impactos ambientais de micro-nanoplásticos (MNP)

Processo: 22/03440-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2022
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Comparada
Pesquisador responsável:Renata Guimarães Moreira Whitton
Beneficiário:Cecilia Bertacini de Assis
Supervisor no Exterior: Gerard Hardiman
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Queen's University Belfast, Irlanda do Norte  
Vinculado à bolsa:20/14252-5 - A influência da co-exposição de machos de Astyanax altiparanae ao cálcio e ao fármaco carbamazepina sobre a qualidade seminal, BP.MS
Assunto(s):Biologia computacional   Biologia marinha   Ecotoxicologia   Microplásticos   Avaliação de risco à saúde humana

Resumo

A exposição a micro-nano plásticos (MNPs) é onipresente e implica em doenças humanas, incluindo câncer, infertilidade, alergias e síndrome metabólica. No entanto, como a humanidade está uniformemente exposta aos plásticos, é difícil entender exatamente como eles afetam a saúde humana. Muitas espécies de aves, incluindo o fulmar do norte, são predadores de topo de cadeia e de vida longa, compartilhando um padrão semelhante de exposição a MNPs com humanos. A ingestão de plástico tem sido amplamente estudada entre as aves marinhas, sendo confundida com alimento. As abordagens Omics e Big Data agora oferecem oportunidades interessantes para entender as consequências ecotoxicológicas dessa exposição. O fulmar do norte é usado como uma espécie indicadora de plástico pela Convenção para a Proteção do Meio Ambiente Marinho do Atlântico Nordeste (OSPAR) e o Quadro de Estratégia Marinha da UE devido à sua alta ingestão de plásticos que é representativa dos níveis encontrados em seu ambiente . Fulmars que passam meses de inverno em diferentes áreas do ambiente marinho global oferecem uma oportunidade valiosa para avaliar os impactos da exposição a MNPs. Este projeto examinará as perturbações na expressão gênica por meio de análises de RNA-seq e Q-PCR do transcriptoma hepático. As análises de expressão diferencial (DE) identificarão genes com regulação positiva e negativa significativa no fígado fulmar no contexto de geolocalização, contaminação por MNP e marcadores fisiológicos do estado de saúde. Esses biomarcadores permitirão análises correlativas com cargas plásticas e saúde das aves para revelar os impactos da área de forrageamento na expressão gênica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)