Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de co-cultura de esferoides pulmonares e cerebrais e organoide cerebral para a avaliação da interação de Cryptococcus sp. e estudo da atividade antifúngica de peptídeos derivados de Galleria mellonella

Processo: 21/14839-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2022
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Ana Marisa Fusco Almeida
Beneficiário:Marcos William de Lima Gualque
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Antifúngicos   Cryptococcus   Peptídeos   Micologia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Antifúngico | Cryptococcus | cultura tridimensional | peptídeos | Micologia

Resumo

A Criptococose é uma doença infecciosa fúngica, cosmopolita e oportunista grave, de importância na saúde pública que afeta tanto imunocomprometidos quanto imunocompetentes. Os principais agentes etiológicos são o Cryptococcus neoformans e o Cryptococcus gatti que possuem seus nichos ecológicos em excretas de pombos e matéria em decomposição de árvores, tornando sua disseminação constante. A fim de se entender melhor a dinâmica da interação deste fungo, este estudo tem como objetivo estabelecer um modelo de cultura 3D de esferoides cerebral e pulmonar utilizando linhagens de células imortalizadas e organoides originados a partir de células progenitoras neurais. Também será avaliado o potencial antifúngico de peptídeos antimicrobianos produzidos em Galleria mellonella por meio do tratamento das infecções nos modelos tridimensionais determinando-se a Concentração Inibitória Mínima (CIM) e Concentração fungicida mínima (CFM). Para isto, serão utilizadas células U-87 e astrócitos para formação e desenvolvimento dos esferoides cerebrais e células MRC-5 e A549 para o desenvolvimento do esferoide pulmonar. O organoide cerebral será obtido do banco de células ATCC (célula progenitora neural BXS117) que serão analisados quanto a sua formação e caracterizados por técnicas de microscopias. Por sua vez, será realizada a interação entre organoides e fungo com e sem tratamento com peptídeos e será determinada a carga fúngica. Os dados serão analisados estatisticamente

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAMPOS, LAIS DE ALMEIDA; FIN, MARGANI TAISE; SANTOS, KELVIN SOUSA; GUALQUE, MARCOS WILLIAM DE LIMA; CABRAL, ANA KARLA LIMA FREIRE; KHALIL, NAJEH MAISSAR; FUSCO-ALMEIDA, ANA MARISA; MAINARDES, RUBIANA MARA; MENDES-GIANNINI, MARIA JOSE SOARES. Nanotechnology-Based Approaches for Voriconazole Delivery Applied to Invasive Fungal Infections. PHARMACEUTICS, v. 15, n. 1, p. 32-pg., . (21/14839-9)
FUSCO-ALMEIDA, ANA MARISA; SILVA, SAMANTA DE MATOS; DOS SANTOS, KELVIN SOUSA; GUALQUE, MARCOS WILLIAM DE LIMA; VASO, CAROLINA ORLANDO; CARVALHO, ANGELICA ROMAO; MEDINA-ALARCON, KAILA PETROLINA; PIRES, ANA CAROLINA MOREIRA DA SILVA; BELIZARIO, JENYFFIE ARAUJO; DE SOUZA FERNANDES, LIGIA; et al. Alternative Non-Mammalian Animal and Cellular Methods for the Study of Host-Fungal Interactions. JOURNAL OF FUNGI, v. 9, n. 9, p. 29-pg., . (20/15586-4, 21/14839-9, 21/03805-6, 19/23622-3)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.