Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da biodegradação de DQO, amônia (NH4) e cor por consórcio bacteriano selecionado de lixiviado de aterro

Processo: 22/04747-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2022
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Valor Concedido/Desembolsado (R$): 31.081,60 / 11.302,40
Pesquisador responsável:Elisangela Franciscon Guimaro Dias
Beneficiário:Rafaela Zanco
CNAE: Tratamento e disposição de resíduos não-perigosos
Descontaminação e outros serviços de gestão de resíduos
Vinculado ao auxílio:21/10970-3 - Desenvolvimento de formulação bacteriana para remoção de NH4, DQO e cor em lixiviados de aterros sanitários, AP.PIPE
Assunto(s):Biodegradação   Amônia   Cor   Crescimento bacteriano   Lixiviação   Aterros sanitários
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:amônia | biodegradação | cor | Crescimento bacteriano | dqo | Lixiviado de aterro | Biodegradação

Resumo

Para auxiliar no desenvolvimento do Projeto PIPE II, a parte do plano a ser desenvolvido pelo bolsista TT3 será reavaliar a capacidade de degradação das bactérias identificadas no Pipe I, quando da formação dos consórcios, avaliando se haverá efeitos sinergísticos ou antagônicos entre as linhagens selecionadas que irão fazer parte do produto final, para degradar DQO, NH4 e cor, de lixiviados de aterros sanitários. Para tanto, após as linhagens serem incubadas em erlenmeyers, usando meio de sais específicos, adicionados de lixiviado bruto como única fonte de carbono e energia, serão realizadas análises que comprovem a capacidade de degradação do lixiviado destas bactérias quando em consórcios. A curva de crescimento e a viabilidade celular das linhagens serão avaliadas medindo suas densidades ópticas a 600 nm em espectrofotômetro e por diluição seriada seguida de contagem de UFC/ml em microscópio estereoscópio, devido a necessidade se estudar o ciclo biológico de cada de microrganismo e quantificá-los na elaboração dos produtos. A capacidade de biodegradação pelos consórcios será acessada através de análises de DQO, e dos produtos nitrogenados (Amônia, Nitrito e Nitrato) presentes no lixiviado. As bactérias que mais degradarem os compostos do estudo, integrarão as bioformulações em desenvolvimento no projeto PIPE II. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)