Busca avançada
Ano de início
Entree

Entre acadêmicos e youtubers: um estudo sobre a diversificação do campo intelectual na era dos influenciadores digitais (2010-2020)

Processo: 21/01854-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2022
Vigência (Término): 30 de novembro de 2026
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Marcia Cristina Consolim
Beneficiário:Bruno Marco Cuer dos Santos
Instituição Sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):23/04843-4 - Entre acadêmicos e youtubers: um estudo sobre a diversificação do campo intelectual na era dos influenciadores digitais (2010-2020), BE.EP.DR
Assunto(s):Sociologia da cultura   Intelectuais   Internet   Divulgação científica   YouTube   Século XXI
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Ciências Humanas | Difusão científica | Intelectuais | Internet | Trajetórias | Sociologia da Cultura

Resumo

Busca-se com este projeto, delimitar o espaço social compreendido pelos "influenciadores digitais", ou seja, por "intelectuais acadêmicos" e "intelectuais midiáticos" que atuam em plataformas digitais há pelo menos uma década, período em que o uso profissionalizado da internet parece sobrepujar interesses econômicos inerentes ao campo midiático. Este espaço social, que opera sob a lógica do mercado, baseada no volume de "seguidores", é agora disputado pelos analistas de conjuntura tradicionais, portadores de credenciais jornalísticas ou acadêmicas. Entende-se que esse espaço é caracterizado, em princípio, pela oposição entre um polo acadêmico e um polo midiático, de modo que as trajetórias de ambos os grupos se distinguem por interesses divergentes em relação ao polo de produção intelectual dominante. Para analisar esse espaço, é preciso considerar que ocorreram alterações morfológicas no campo midiático que, entabuladas por estratégias de produção e de difusão na internet, apontam para uma maior aproximação e relativa subordinação de parte dos intelectuais acadêmicos à lógica dos espaços da mídia. É esse espaço híbrido de circulação que se pretende perquirir pelo estudo das trajetórias desses agentes, o que exige a aplicação de alguns métodos e técnicas de pesquisa, tais como as análises: prosopográfica, de correspondências múltiplas, bem como documental - nos meios escritos tanto da internet quanto televisivos. Pretende-se mostrar que a diminuição das barreiras simbólicas entre o campo midiático e o campo acadêmico, que borram as fronteiras entre as ciências humanas e a vulgarização científica, está associada a trajetórias intelectuais e sociais específicas: do lado dos acadêmicos, associadas a instituições privadas e/ou especialidade acadêmica com potencial de politização e, do lado dos midiáticos, a interesses de especificação do mercado consumidor, isto é, criação de um público seguidor de tipo específico, bem como à profissionalização de seu trabalho, visando retorno financeiro proveniente da difusão científica para um público leigo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)