Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da associação entre hipertensão arterial e câncer de Walker-256 sobre o fenótipo cardíaco e a progressão tumoral: potencial terapêutico do treinamento físico aeróbio

Processo: 21/06229-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2022
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Tiago Fernandes
Beneficiário:Luis Felipe Rodrigues
Instituição Sede: Escola de Educação Física e Esporte (EEFE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neoplasias   Carcinoma 256 de Walker   Progressão tumoral   Hipertensão   Remodelação ventricular   Treinamento aeróbio
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:câncer | cardio-oncologia | exercício aeróbio | hipertensão arterial | remodelamento cardíaco | Cardio-oncologia

Resumo

As doenças cardiovasculares (DCV) seguida pelos cânceres são as principais causas de morte no mundo; reconhecidas por serem doenças complexas e de causa multifatorial, e que apresentam uma interação e fatores de risco em comum. Nas últimas décadas, a cardioncologia tem se voltado para prevenção e tratamento de DCV em pacientes sobreviventes do câncer, como resultado da cardiotoxicidade de agentes antineoplásicos. Por outro lado, há um crescente corpo de evidências epidemiológicas demonstrando que DCV são fatores pró-oncogênicos, uma vez que pacientes com DCV apresentam maior incidência de câncer comparado com populações saudáveis. Uma associação significativa entre hipertensão arterial (HA) e incidência/ mortalidade por câncer em humanos tem sido descrita. É possível que a relação bidirecional das doenças possa potencializar os danos cardíacos, entretanto pouco se sabe sobre a associação das mesmas e os mecanismos relacionados com esse fenômeno. O treinamento físico aeróbio (TFA) vem sendo utilizado como uma importante terapia não farmacológica para aliviar os sintomas, melhorar a tolerância ao exercício, à qualidade de vida e reduzir a hospitalização de pacientes com DCV e câncer. Contudo, os efeitos do TFA sobre as repercussões cardíacas na associação das DCV com o câncer são desconhecidas. Assim, o objetivo do presente estudo é investigar a associação entre a HA e o câncer nas alterações fenotípicas cardíaca e na progressão tumoral em ratos e verificar o papel terapêutico do TFA sobre a cardiomiopatia e a incapacidade funcional induzida pela relação bidirecional entre as doenças. Tanto o modelo de HA com animais espontaneamente hipertensos (SHR) quanto de câncer com o tumor de Walker-256 foram selecionados devido à similaridade da sua fisiopatogenia em humanos. Serão utilizados 50 ratos Wistar Kyoto e 50 SHR. O implante do carcinoma de Walker-256 será efetuado no tecido subcutâneo da região do flanco direito. Os animais serão treinados durante 6 semanas, sessões de 60 min, 1 vez ao dia, 5 vezes por semana, com aumento gradual da sobrecarga de trabalho. Será avaliado: pressão arterial e a frequência cardíaca de repouso, tolerância ao esforço físico máximo, função e estrutura ventricular, crescimento tumoral, massa cardíaca e muscular esquelética, percentual de caquexia e atividade da enzima citrato sintase. Ainda serão mensurados o diâmetro dos cardiomiócitos, fibrose cardíaca e razão capilar por fibra cardíaca pelo método histológico. Expressão de genes para hipertrofia cardíaca patológica e conteúdo de colágeno, família do miRNA-208 e análise da expressão de proteínas para vias de sobrevivência e apoptose celular. As análises estatísticas serão realizadas pelo programa Statistica software. Após padronização do cultivo das células tumorais e do modelo de caquexia do câncer nos modelos experimentais propostos no estudo, os resultados preliminares sugerem que a HA induz um maior desenvolvimento tumoral e um quadro mais acentuado de caquexia quando associado ao câncer, indicando a viabilidade do projeto. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
IMPROTA-CARIA, ALEX C.; SOCI, URSULA P. R.; RODRIGUES, LUIS F.; FERNANDES, TIAGO; OLIVEIRA, EDILAMAR M.. MicroRNAs regulating pathophysiological processes in obesity: the impact of exercise training. CURRENT OPINION IN PHYSIOLOGY, v. 33, p. 7-pg., . (18/22579-4, 22/00531-5, 15/22814-5, 21/06229-6, 22/02339-4)
SANTOS, PEDRO HENRIQUE SILVA; RODRIGUES, LUIS FELIPE; IMPROTA-CARIA, ALEX CLEBER; VOLTARELLI, VANESSA AZEVEDO. Metabolic adaptations in McArdle's disease and its mechanisms. JOURNAL OF PHYSIOLOGY-LONDON, v. N/A, p. 2-pg., . (22/02339-4, 21/06229-6)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.