Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação e validação de novos alvos moleculares de peptídeos anti-inflamatórios por meio de abordagens de proteômica por espectrometria de massas

Processo: 22/01892-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2022
Vigência (Término): 30 de abril de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Convênio/Acordo: GlaxoSmithKline
Pesquisador responsável:Ana Marisa Chudzinski-Tavassi
Beneficiário:Hellen Paula Valerio
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Empresa:Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Instituto Butantan
Vinculado ao auxílio:20/13139-0 - Centro de Excelência na Descoberta de Novos Alvos, AP.PCPE
Assunto(s):Artrite   Condrócitos   Osteoartrite   Proteômica   Terapia de alvo molecular

Resumo

O objetivo do projeto do CENTD é utilizar venenos, secreções e peptídeos derivados de venenos de animais como ferramentas para identificação e validação de novos alvos moleculares e vias de sinalização de doenças de base imuno-inflamatória. A descoberta de novos alvos moleculares pode ser útil no desenvolvimento racional de novas terapias e fármacos. Para atingir esse objetivo, o nosso centro implementou e caracterizou distintos modelos de inflamação (condrócitos, macrófagos, sinoviócitos e células neuronais), tendo identificado cinco peptídeos derivados de venenos de animais que apresentam efeitos anti-inflamatórios e citoprotetores. O envelhecimento de condrócitos está associado com a degeneração articular da cartilagem e é observada na artrite reumatóide e na osteoartrite. Tratamentos mais específicos e eficazes são necessários para essas doenças e é bem descrito que citocinas pró-inflamatórias tem um papel fundamental na progressão dessas doenças. Portanto, encontrar novos alvos moleculares que melhorem o tratamento ou levem ao desenvolvimento de novos fármacos para doenças de base inflamatória é de grande interesse. A proteômica por espectrometria de massas é um método analítico versátil e poderoso que nós pretendemos utilizar para a descoberta e validação de novos alvos moleculares. Para isso, o nosso centro tem implementado abordagens de proteômica qualitativa e quantitativa label-free à identificação de proteínas e vias de sinalização que modulem os distintos modelos celulares tratados com os peptídeos de interesse. Além disso, para ter uma ideia das interações peptídeo-proteína que resultam nos efeitos anti-inflamatórios, o nosso centro tem aplicado métodos baseados em purificação por afinidade em extratos celulares tratados com os peptídeos de interesse e identificado proteínas que interagem especificamente com esses peptídeos. Portanto, esse projeto tem dois objetivos específicos: 1- utilizar quimioproteômica para identificar sistematicamente alvos específicos dos peptídeos de interesse em condrócitos primários e 2- validar condrócitos knockdown para os alvos identificados, utilizando proteômica quantitativa relativa e proteômica baseada no monitoramento de alvos específicos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)