Busca avançada
Ano de início
Entree

Transformação genética de folha de diferentes linhagens de milho, usando os genes morfogênicos GRF-GIF

Processo: 22/01605-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2022
Vigência (Término): 30 de setembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Paulo Arruda
Beneficiário:Letícia Rios Vieira
Supervisor no Exterior: Laurens Pauwels
Instituição-sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Vlaams Instituut voor Biotechnologie (VIB), Bélgica  
Vinculado à bolsa:20/10677-1 - Transformação genética de milho mediada por Agrobacterium tumefaciens para obtenção de resistência a estresses abióticos, BP.PD
Assunto(s):Transformação genética   Morfogênese vegetal   Folhas de planta   Milho   Zea mays

Resumo

O milho (Zea mays) é uma das principais culturas de cereais do mundo e é um modelo vegetal para estudos genéticos e biotecnológicos. No entanto, a transformação genética do milho enfrenta barreiras complexas e frequentes, como a recalcitrância de muitas linhagens aos protocolos atuais que empregam embriões imaturos como material de partida. Assim, o principal objetivo deste projeto é desenvolver novos protocolos para possibilitar a transformação de folhas imaturas de diferentes linhagens de milho. Para isso, vamos transformar folhas imaturas de dez diferentes linhagens de milho e testar sua suscetibilidade à infecção por Agrobacterium através da expressão transiente de GUS. Em seguida, avaliaremos a capacidade de regeneração de calos transformados gerados a partir de folhas imaturas. Em seguida, vamos transformar as seis linhagens de milho mais suscetíveis com vetores que abrigam os reguladores morfogênicos GRF-GIF e a maquinaria CRISPR visando o gene VYL e avaliar a eficiência da transformação conforme o número de plantas transformadas. Esperamos superar a resistência à transformação e reduzir o tempo e os custos. Acreditamos que o desenvolvimento de um método alternativo facilitará a transformação do milho e abrirá caminhos para a transformação de outras espécies recalcitrantes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)