Busca avançada
Ano de início
Entree

O conhecimento demonstrativo nas Ciências Matemáticas a partir dos analíticos de Aristóteles

Processo: 22/00781-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2022
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2026
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Lucas Angioni
Beneficiário:Rafael Cavalcanti de Souza
Instituição Sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Filosofia da ciência   Filosofia da matemática   Causalidade   Matemática   Aristóteles
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:causalidade | demonstração | Explicação Científica | método de análise | Filosofia da Ciência e Filosofia da Matemática

Resumo

Aristóteles desenvolve uma teoria do conhecimento demonstrativo em segundos analíticos. O presente projeto de tese pretende investigar como tal teoria conecta-se com a teoria silogística apresentada nos primeiros analíticos aplicada às Ciências Matemáticas. Tomo a noção de análise (analysis) como um conceito fundamental para compreender a tese aristotélica de que o conhecimento demonstrativo nas Ciências Matemáticas era expresso por uma estrutura silogística em primeira figura. Levanto como hipótese a ser investigada que a estrutura silogística em primeira figura é adequada para capta o procedimento de análise demonstrativa. Tal procedimento é expresso por um termo mediador, que opera enquanto um princípio previamente estabelecido e, pela relação de conversão, explica a conexão entre os termos da conclusão. Por fim, pretendo investigar os aspectos comuns entre a teoria aristotélica com a teoria da demonstração e o método analítico descrito por Proclo em Comentários Sobre o Primeiro Livro dos Elementos de Euclides. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)