Busca avançada
Ano de início
Entree

Integrando citogenética e genômica: evolução dos sistemas de cromossomos sexuais em espécies de Harttia (Siluriformes, Loricariidae)

Processo: 22/04261-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 20 de dezembro de 2022
Vigência (Término): 19 de junho de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Marcelo de Bello Cioffi
Beneficiário:Francisco de Menezes Cavalcante Sassi
Supervisor no Exterior: Thomas Liehr
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: Friedrich Schiller University Jena, Alemanha  
Vinculado à bolsa:20/02681-9 - Relações evolutivas e história demográfica em espécies de Loricariidae (Siluriformes), com ênfase no gênero Harttia, BP.DR
Assunto(s):Citogenética   Genômica   Cromossomos sexuais   Peixes   Pintura cromossômica   Sequenciamento NGS   Loricariidae

Resumo

O aluno desenvolveu 24 meses do projeto intitulado "Relações evolutivas e história demográfica em espécies de Loricariidae (Siluriformes), com ênfase no gênero Harttia" (FAPESP 2020/02681-9), e os resultados alcançados até o momento foram publicados nas revistas Genes (IF=4,096) e Biology (IF=5,079), com o aluno figurando como primeiro autor. Até agora, foram realizados procedimentos de citogenética convencional e molecular (mapeamento cromossômico de famílias multigênicas e algumas repetições de microssatélites, hibridização genômica comparativa (CGH), permitindo a descrição de dois sistemas de cromossomos sexuais em três espécies distintas de Harttia. Assim, considerando o bom andamento do projeto e o envolvimento do aluno em outros experimentos de laboratório, pretendemos nos aprofundar em abordagens citogenômicas moleculares modernas, incluindo o isolamento e caracterização de uma biblioteca de DNA satélites, microdissecção de cromossomos para experimentos de pintura cromossômica, e investigações de hibridização in situ de fluorescência multicolor (m-FISH). Esses resultados contribuirão para uma melhor compreensão dos processos evolutivos que moldam a distribuição atual dos cromossomos sexuais entre as espécies de Harttia e, consequentemente, para a compreensão da evolução do genoma dos peixes. Os experimentos serão realizados no laboratório do Molekulare Zytogenetik (Universitätsklinikum Jena - Alemanha), chefiado pelo Prof. Dr. Thomas Liehr, pesquisador de relevância mundial em microdissecção cromossômica e FISH. Além dos avanços científicos esperados, esta proposta proporcionará uma oportunidade única para a formação científica do aluno, interagindo com um renomado grupo de pesquisadores alemães e aprendendo novas metodologias de estudo atualmente empregadas no laboratório Dr. Liehr. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)