Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação de inibidores de ezrina na atividade migratória e invasiva mediada por Rho GTPases em células de leucemia linfoblástica aguda

Processo: 22/04987-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 04 de janeiro de 2023
Vigência (Término): 03 de janeiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:João Agostinho Machado Neto
Beneficiário:Jean Carlos Lipreri da Silva
Supervisor: Anne Ridley
Instituição Sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Bristol, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:20/12909-7 - Investigação do potencial antineoplásico da inibição de ezrina em modelos de Leucemias agudas, BP.DD
Assunto(s):Hematologia   Leucemia   Leucemia-linfoma linfoblástico de células precursoras   Domínios FERM   Proteínas rho de ligação ao GTP   Citoesqueleto
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Citoesqueleto | Ezrina | Leucemia Aguda | migração | RhoGTPases | Hematologia

Resumo

As leucemias agudas são neoplasias agressivas caracterizadas por proliferação clonal com reposição e acúmulo de células neoplásicas (e20%) na medula óssea e em outros órgãos, e quando há envolvimento de linfoblastos são classificadas como leucemia linfoblástica aguda (LLA). Apesar dos grandes avanços na compreensão da complexidade envolvida nas alterações moleculares da LLA, muito pouco foi traduzido em novas terapias. Em análises preliminares utilizando dados genômicos em larga escala depositados pelo TCGA (The Cancer Genomics Atlas), a expressão diferencial de EZR (que codifica a proteína ezrin) foi identificada como marcador prognóstico e as análises iniciais sugerem seu potencial terapêutico. Ezrina é um membro da família ERM e sua função é ligar o citoesqueleto de actina à membrana celular e criar suporte para moléculas sinalizadoras envolvidas em importantes processos celulares. As Rho GTPases são bem conhecidas por seus papéis na regulação da migração celular e também contribuem para uma variedade de outras respostas celulares, e podem ser ativadas por ezrina. A identificação de novos marcadores moleculares de prognóstico e vias de sinalização/alvos seletivos para intervenção farmacológica é de interesse no estudo de leucemias agudas, o que pode melhorar o manejo clínico e gerar novas oportunidades de terapias. Os objetivos desta proposta são: Determinar o impacto da inibição da ezrina na migração, invasão e atividade da Rho GTPase usando modelos celulares de LLA. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)