Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo sobre a relação da hipotensão ortostática com a prevalência de doença cardiovascular aterosclérotica na diabetes mellitus tipo 2

Processo: 22/05352-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2022
Vigência (Término): 30 de junho de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Andrei Carvalho Sposito
Beneficiário:Ana Raquel Whitaker Filipe
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Aterosclerose   Diabetes mellitus tipo 2   Doença da artéria coronariana   Hipotensão ortostática   Fatores de risco para doença cardiovascular   Cardiologia

Resumo

A hipotensão ortostática (HO) pode estar presente em pacientes com diabetes mellitus tipo 2 (DM2). Sabe-se que sua fisiopatologia está associada a neuropatia autonômica cardiovascular (NAC), a aterosclerose e a disfunção endotelial. Dentre os principais responsáveis por essas alterações estão os produtos finais de glicação avançada (AGE) que acometem vasos e fibras nervosas, afetando o sistema nervoso autônomo (SNA) simpático e parassimpático. A HO, diante desse contexto, pode ser um reflexo da NAC e das complicações micro e macrovasculares provocadas pelo DM2, permitindo ser um possível marcador para detecção de pacientes sob maior risco de desfechos cardiovasculares. Com intuito de compreender a relação do DM2 com a HO e seus desdobramentos, este é um estudo observacional, transversal, a partir de dados coletados no Brazilian Diabetes Study (BDS). Nesta coorte, os pacientes com DM2, superiores a 18 anos, foram submetidos a medidas de pressão arterial (PA) sentados e em pé com intervalo de 1 minuto. Além disso, serão analisadas alterações na ultrassonografia doppler de carótida, escore de cálcio coronário e AGE Reader. Por isso, o trabalho tem como finalidade avaliar a relação da variação da pressão arterial ortostática com a doença cardiovascular ateroscleróstica e delinear os fenótipos clínicos dos pacientes com DM2 e HO.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)