Busca avançada
Ano de início
Entree

Fossildiagênese de icnofósseis associada a ação de esteiras microbianas

Processo: 22/04484-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2022
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Pesquisador responsável:Fresia Soledad Ricardi Torres Branco
Beneficiário:Bruno Belila Rusinelli
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Diagênese dos fósseis   Icnofósseis   Paleontologia   Biofilmes   Tafonomia

Resumo

O desenvolvimento de biofilmes e esteiras microbianas durante a deposição de sedimentos ocorre em uma variedade de ambientes desde marinhos a continentais. A ação microbial nos sedimentos promove a estabilização mecânica e a formação de fases minerais que podem auxiliar a cimentação já no início da eodiagênese. Durante o transcurso desse processo, as interações entre as partículas sedimentares e os organismos em presença de biofilmes e/ou esteiras microbianas podem ser preservadas de forma síncrona com a produção de estruturas biogênicas e, consequentemente, de icnofósseis. Esse processo aparenta ter uma ampla ocorrência ambiental e temporal no registro geológico, tornando interessante compreendê-lo tanto para o estudo da tafonomia de icnofósseis, assim como, para contribuir ao entendimento da biogenicidade de estruturas em rochas sedimentares. Na pesquisa proposta serão estudados icnofósseis das formações Ipu (Siluriano-Bacia do Parnaíba), Botucatu (Jurássico Superior/Cretáceo Inferior-Bacia do Paraná) e Sousa (Cretáceo-Bacia de Sousa), que representam desde ambientes costeiros, da Formação Ipu, a continentais, com depósitos eólicos da Formação Botucatu e lacustres da Formação Sousa. Com a finalidade de atestar a influência (bioassinaturas) de biofilmes e/ou esteiras microbianas na preservação desses variados icnotaxa de ambientes e litotipos diferentes, serão realizadas coletas de amostras, descrição dos locais de coleta, estudos petrográficos, análises em microscopia eletrônica de varredura e espectroscopia de energia dispersiva (MEV/EDS) em lâminas e amostras, e para um maior detalhamento composicional e mineral será utilizado técnicas de Luz Síncrotron. Dessa forma, se pretende também comparar com outras localidades do Gondwana e com esteiras microbianas modernas, observando as principais estruturas e características que possam garantir a biogenicidade das amostras analisadas. Com uma análise multitécnica será possível uma melhor atribuição de estruturas e texturas petrográficas a dados analíticos, podendo contribuir para estudos futuros em tafonomia de icnofósseis ou até mesmo sobre produtos e processos relatados a ação microbial em sedimentos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)