Busca avançada
Ano de início
Entree

Recomeçar melhor: implementação de uma plataforma digital para avaliação e promoção de saúde mental durante e pós-pandemia COVID-19

Processo: 22/08017-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2022
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Pesquisador responsável:Ronald Fischer
Beneficiário:Felipe Azevedo Moretti
Instituição Sede: Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino (IDOR). Rede D'Or São Luiz (RDSL). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:21/08774-1 - Recomeçar melhor: implementação de uma plataforma digital para avaliação e promoção de saúde mental durante e pós-pandemia COVID-19, AP.R
Assunto(s):Terapia cognitivo-comportamental   Telemedicina   Plataformas digitais   Pandemias   COVID-19   SARS-CoV-2   Betacoronavirus   Saúde mental   Promoção da saúde   Intervenção baseada em internet
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:telessaúde mental | Terapia Cognitiva Comportamental

Resumo

A pandemia de COVID-19 impactou a saúde mental no Brasil e no mundo devido à elevada taxa de mortalidade e o risco de contaminação, às medidas de isolamento largamente empregadas na contenção do vírus e suas consequências econômicas e sociais. Esse aumento já gera uma demanda de serviços para saúde mental que não será suprida pelo sistema de saúde tradicional com atendimento presencial, que já se mostrou insuficiente para atender a demanda mesmo antes da pandemia. Potencializado pela crise do COVID-19, faz-se urgente aplicar e estender opções de avaliação à distância, facilitando a autoavaliação longitudinal pelos próprios pacientes com instrumentos validados e eficientes, bem como oferecer iniciativas psicoeducacionais e intervenções digitais com eficácia aprovada. Esse projeto colaborativo entre um grupo brasileiro e um inglês visa a criação de uma plataforma digital que possibilitará mitigar os efeitos psicológicos da pandemia. Visamos a) oferecer conteúdo psicoeducativo sobre intervenções e atividades que podem ser usadas para melhora da saúde mental e bem-estar de forma autoguiada, seguras e com eficácia comprovada em meta-análises; e b) oferecer autoavaliações dos perfis psicológicos dos usuários (personalidade, valores, processos cognitivos e emocionais) relacionado com a saúde mental, incentivando o autoconhecimento e engajamento com as intervenções. Esse projeto propõe um modelo inovador combinando psicoeducação, autoavaliações e intervenções que está alinhado com as recomendações da ONU e da Comissão para saúde mental e COVID-19 da revista LANCET. Os resultados serão relevantes para entender como uma pandemia global tem efeitos na psicologia básica da população e como oferecer intervenções digitais para a população geral. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)