Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do tratamento da dapagliflozina sobre a expressão dos mircrornas 126 e 21 em ratos espontaneamente hipertensos submetidos à dieta hipercalórica

Processo: 22/09850-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2022
Vigência (Término): 31 de agosto de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marcelo Costa Batista
Beneficiário:Kewellen Eduardo Silva Santos
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/25493-6 - Obesidade: fisiopatologia e estratégias terapêuticas relacionadas, AP.TEM
Assunto(s):Dieta hipercalórica   Hipertensão   MicroRNAs   Obesidade   Nefrologia

Resumo

A obesidade visceral, núcleo da Síndrome Metabólica (SM) é concebida como base fisiopatológica relacionada à incidência epidêmica de eventos cardiovasculares e renais. A excessiva expansão do tecido adiposo ocasiona o incremento da produção de proteínas inflamatórias e a supressão da síntese de citocinas anti-inflamatórias implicadas na etiopatogênia da SM. A epigenética tem enfatizado a interação de fatores ambientais, como o fácil acesso a alimentos calóricos em modificações genéticas, com o maior risco de ocorrência da doença cardiovascular. O estudo da epigenética através dos micro-RNAs (miRNA), silenciadores pós-transcricionais que, inibindo a tradução de RNA mensageiro alvo, têm impacto em múltiplas vias de sinalização relacionadas a obesidade, como na regulação da secreção de insulina e síntese de proteínas inflamatórias. Adicionalmente, os miRNAs são considerados marcadores promissores não apenas para o diagnóstico precoce, mas também para o monitoramento da progressão de doença renal, diabetes e doenças cardiovasculares, tornando-se alvo de grande interesse na comunidade científica. A inibição do SGLT-2 (Cotransportador Sódio-Glicose 2), proteína responsável pela reabsorção de aproximadamente 90% da glicose renal, resultou em redução substancial da mortalidade cardiovascular e atenuação na progressão da doença renal em portadores de diabetes, benefício não completamente explicado e que não se justifica pela sua ação no metabolismo da glicose. Portanto, o objeto deste trabalho é estudar o efeito do tratamento com a Dapaglifozina, o inibidor da SGLT-2, sobre os miRNAs envolvidos 126 e 21 em ratos geneticamente hipertensos (SHR) induzidos à obesidade visceral.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)