Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e eficácia de um nanocarreador lipídico contendo mRNA para resposta transitória de CAR-T no tratamento de leucemia linfoblástica aguda

Processo: 22/07303-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 15 de fevereiro de 2023
Vigência (Término): 14 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Luciana Biagini Lopes
Beneficiário:Giovanna Cassone Salata
Supervisor: Molly Stevens
Instituição Sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Karolinska Institutet, Suécia  
Vinculado à bolsa:19/26048-6 - Desenvolvimento e aplicação de nanocarreadores multifuncionais para entrega intraductal de quimioterápicos visando o tratamento do Câncer de Mama, BP.DR
Assunto(s):Leucemia-linfoma linfoblástico de células precursoras   Nanopartículas lipídicas   Receptores de antígenos quiméricos   Linfócitos T   Terapia baseada em transplante de células e tecidos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:acute lymphoblastic leukemia | Affibody | Car-T | Cellular uptake | Lipid nanoparticles | Nanofarmacologia

Resumo

A leucemia linfoblástica aguda (LLA) representa 1 a cada 4 cânceres pediátricos e comumente afeta os linfócitos B. A taxa de sobrevida aumentou para quase 70% após a aprovação da terapia de células T com Receptor de Antígeno Quimérico (CAR), porém há limitações para uma produção em larga escala, e os custos e efeitos adversos severos dificultam sua aplicação. Neste projeto, propomos a otimização e aplicação in vivo de uma nanopartícula lipídica (LNP) funcionalizada com affibody visando uma terapia transitória de CAR-T baseada na entrega de mRNA codificador de CAR para células T CD8+ ou CD4+. Mais especificamente, propomos a funcionalização de LNPs com affibodies projetados para reconhecer as células T e se ligar à proteína do cluster de diferenciação expressa especificamente por células T para uma internalização celular eficiente. O uptake e o tráfego da LNP nas células T, a liberação de mRNA, os efeitos citotóxicos e hemolíticos serão estudados, e a eficácia da LNP será validada in vivo. Com este estudo, pretendemos contribuir para o desenvolvimento de uma terapia CAR-T mais segura e acessível. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)