Busca avançada
Ano de início
Entree

Rankl na expressão de marcadores da biogênese mitocondrial em miotubos

Processo: 22/06359-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2022
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Mariana Kiomy Osako
Beneficiário:Maria Eduarda Ramos Cezine
Instituição Sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia celular   Citologia   Músculo esquelético   Mitocôndrias   Receptor ativador de fator nuclear kappa-B   Fibras musculares esqueléticas   Biogênese de organelas
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:mitocôndria | Músculo esquelético | Rankl | biologia celular

Resumo

A unidade operacional osso-músculo relaciona-se à interação mecânica responsável pela função de ambos os tecidos e à comunicação via fatores solúveis que atuam na regulação dos metabolismos ósseo e muscular. RANKL (receptor activator of NFkappaB ligand) e OPG (osteoprotegerina) compõem, juntamente com o receptor RANK (receptor activator of NFKappaB), um sistema essencial para a ativação dos osteoclastos e a reabsorção óssea em processos de modelamento e remodelamento ósseo que envolvem a biogênese mitocondrial e o aumento da capacidade oxidativa dessa célula. Recentemente, nosso grupo observou o papel da via RANK-RANKL no aumento do volume mitocondrial e na diferenciação do tecido adiposo bege em um processo descrito como browning. Dados preliminares do nosso grupo indicam o papel da sinalização RANK-RANKL no controle do metabolismo e eficiência energética, além de sua contribuição na regulação de funções relacionadas à dinâmica mitocondrial, especialmente no aumento da rede de mitocôndrias das células musculares após o tratamento com a proteína RANKL. Os eventos relacionados à dinâmica mitocondrial são regulados pela expressão de PGC-1a, um fator de transcrição fundamental para o aumento do conteúdo mitocondrial e adaptação às demandas energéticas no tecido muscular esquelético, o qual apresenta alta expressão do receptor RANK. Assim, a proposta deste projeto é analisar o efeito direto de RANKL na expressão gênica de marcadores de biogênese mitocondrial em miotubos derivados da linhagem imortalizada C2C12, e sua possível atuação no controle do metabolismo e eficiência energética.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)